<
>

UFC: Dana elogia Leon Edwards, mas nega 'title shot' e indica provável luta com Masvidal

play
Cormier elogia Adesanya, fala em domínio e é sucinto sobre a luta: 'Vettori não teve chance' (1:00)

Ex-lutador, analista da ESPN destacou o favoritismo e como Adesanya conseguiu cumpri-lo (1:00)

Ao que parece, não será desta vez que Leon Edwards lutará pelo título dos meio-médios (77 kg) do UFC. Após dominar Nate Diaz na edição de número 263, realizada no último sábado (12), no Arizona (EUA), o inglês conquistou a nona vitória em dez lutas disputadas e pediu para enfrentar Kamaru Usman, campeão da categoria, mas Dana White deu a entender que possui outros planos para ‘Rocky’.

Na coletiva de imprensa pós-UFC 263, Dana elogiou a atuação de Edwards diante de Nate e lembrou que, apesar do susto no quinto round, o atleta se comportou bem, já que sua última luta completa no octógono aconteceu em 2019. Anteriormente, o inglês enfrentou Belal Muhammad, em março, porém o duelo foi interrompido no segundo round, porque o mesmo aplicou uma dedada ilegal nos olhos do adversário.

Apesar de reconhecer o talento de Edwards, Dana, mais uma vez, garantiu que o próximo desafiante ao título dos meio-médios será Colby Covington. Sendo assim, o cartola sinalizou que vê com bons olhos um possível duelo entre ‘Rocky’ e Jorge Masvidal. Vale lembrar que a dupla protagonizou um episódio polêmico em 2019. Na ocasião, o UFC visitou a Inglaterra e, nos bastidores, o americano acabou agredindo o atleta local.

“Você tem me ouvido dizer que Edwards é o garoto com a pior sorte da história do UFC. Agora, ele fez uma luta de cinco rounds contra um duro e durável Nate Diaz, que é sempre perigoso, e foi um grande aprendizado para ele. Edwards foi incrível em toda a luta, mesmo quando se machucou. Ele manteve a compostura e não lutava há, provavelmente, um ano e meio. Ótimo desempenho”, declarou Dana, antes de completar.

“A luta contra Masvidal é uma luta que sempre podemos fazer. Essa luta sempre estará por aí. Edwards é o terceiro classificado do mundo, então veremos o que vem por aí. Não tenho certeza se é Masvidal, mas Covington é o próximo cara na fila para o título”, concluiu.

Após atuar no UFC 263, Leon Edwards possui uma sequência de nove vitórias e um ‘no-contest’ no UFC, mas, constantemente, é ignorado por parte dos fãs como ameaça ao reinado do campeão Kamaru Usman nos meio-médios.

Como o inglês ficou sem atuar por um longo período e recusava lutas com frequência, tais fatores impediram seu desenvolvimento na divisão. Agora, ‘Rocky’ busca ser ativo no octógono para recuperar o tempo perdido e se consolidar como uma das forças da categoria.