<
>

Ex-UFC, Werdum não é autorizado pelos médicos e está fora da segunda rodada do torneio peso-pesado do PFL

play
Antes de luta, Vettori diz que vai 'pegar cinturão' de Adesanya e adversário dispara após provocações: 'Não sou seu amigo' (0:14)

Lutadores se enfrentam neste sábado (12) valendo o cinturão (0:14)

Não é segredo que Fabrício Werdum foi uma das principais apostas do PFL para a temporada 2021. Contudo, o início do veterano na companhia causa preocupação. Depois de protagonizar uma polêmica em sua estreia contra Renan Problema, em maio, agora, a lenda brasileira está oficialmente fora da segunda rodada do GP do peso-pesado. A organização confirmou a retirada do gaúcho, na última terça-feira (8), por meio de suas redes sociais.

Vai Cavalo enfrentaria Brandon Sayles , no dia 25 de junho, porém o atleta não foi autorizado pelos médicos para competir. O motivo que impediu Werdum de atuar foi o incessante ataque de Problema. Na luta entre os brasileiros, o promissor atleta, mesmo em posição delicada, aplicou um ground and pound que causou lesões no veterano. Inclusive, o árbitro encerrou o duelo e declarou o goiano como vencedor por nocaute técnico. Contudo, dias depois, o gaúcho conseguiu provar que o rival desistiu quando aplicou um triângulo, e, sendo assim, a Comissão Atlética transformou a derrota de Werdum em no contest.

Agora, Sayles vai encarar Denis Goltsov que, assim como ele, venceu em sua primeira aparição no torneio. Além de Werdum, Mohammed Usman, irmão de Kamaru, também não vai disputar a segunda rodada do GP, porque se encontra lesionado. Agora, os representantes do Brasil no show são Bruno Cappelozza e Problema. O primeiro encara Muhammed Dereese, enquanto o segundo mede forças com Ali Isaev, vencedor do último campeonato.

Fabrício Werdum, de 43 anos, possui feitos importantes no MMA e é considerado por parte dos fãs como um dos melhores pesos-pesados de todos os tempos. O ex-campeão do UFC disputou 34 lutas no esporte, venceu 24, sendo 12 por finalização, perdeu nove e empatou uma vez. Os triunfos mais importantes do gaúcho na modalidade foram diante de Alexander Gustafsson, Alistair Overeem, Cain Velasquez, Fedor Emelianenko, Rodrigo Minotauro, entre outros.