<
>

UFC: Dana ironiza celebridades no boxe e brinca com 'Amanda Nunes vs Kim Kardashian'

play
Cormier não vê Adesanya melhor que Vettori antes de luta por cinturão do UFC; entenda o motivo (0:39)

Comentarista da ESPN analisou o duelo que vale o cinturão do UFC (0:39)

A luta de exibição entre a lenda do boxe Floyd Mayweather e o youtuber Logan Paul definitivamente movimentou o mundo dos esportes de combate no último fim de semana. Mas, apesar do sucesso comercial do evento, Dana White – presidente do UFC – não parece disposto a entrar no ramo de promover combates entre atletas e celebridades.

Ferrenho crítico do momento vivido pelo boxe, o presidente da principal organização de MMA do planeta – em entrevista ao ‘UFC Arabia’ – mais uma vez zombou da situação e descartou a possibilidade de se envolver no casamento de lutas deste tipo. Em tom de deboche, o dirigente ainda citou um bizarro confronto hipotético entre a principal lutadora do plantel do Ultimate e uma das maiores celebridades da atualidade para corroborar seu ponto de vista.

“Se você tem pessoas que são burras o suficiente para gastar aquele tipo de dinheiro, então eles merecem pegar o dinheiro desses idiotas. Aqueles caras que lutaram e pegaram seus 50 dólares, eles merecem seu dinheiro”, declarou Dana, antes de continuar.

“Imagine se Kim Kardashian (socialite e estrela da TV norte-americana) quisesse lutar com Amanda Nunes. Quão grande essa luta seria? Seria enorme”, debochou o presidente do UFC.

Apesar das críticas de Dana White, o movimento criado pelos irmãos youtubers Logan e Jake Paul, que tem se aventurado no mundo do boxe, tem rendido enorme retorno financeiro aos envolvidos e já começa a respingar negativamente no UFC. Nos últimos tempos, algumas estrelas da companhia se revoltaram publicamente com a diferença de bolsas ganhas por eles e o alto valor recebido pelos astros da internet em suas pelejas na nobre arte.