<
>

UFC 262: 'Do Bronx' e Chandler tocam as testas em encarada tensa e esquentam clima para decisão

play
Do Bronx revela doenças na infância e que médicos aconselharam afastamento dos esportes: 'Preferia morrer do que deixar de fazer o que gostava' (0:45)

Lutador brasileiro do UFC foi entrevistado com exclusividade por Gustavo Faldon, do ESPN.com.br (0:45)

Integrantes da luta principal do UFC 262, evento que acontece neste sábado (15), em Houston (EUA), Charles ‘Do Bronx’ e Michael Chandler ampliaram a expectativa da comunidade do MMA para a disputa pelo título vago do peso-leve (70 kg). Na pesagem cerimonial da atração, realizada nesta sexta-feira (14), os atletas protagonizaram o momento mais tenso do show e levaram o público presente ao delírio.

Até a coletiva de imprensa pré-UFC 262, realizada na última quinta-feira (13), o clima entre Charles e Chandler era de respeito. Contudo, um dia depois, o cenário ficou hostil e muito por conta do ex-campeão do peso-leve do Bellator. Primeiro a subir na balança, ‘Iron’ foi recebido com entusiasmo por parte público, que enaltecia os Estados Unidos. Na sequência, o brasileiro foi vaiado, porém ignorou tal atitude de uma parcela dos fãs.

Na encarada, Charles e Chandler aumentaram o hype para o aguardado confronto que vai definir o novo campeão do peso-leve do UFC. Os atletas se cumprimentaram, colaram nariz com nariz e o americano aproveitou o calor do momento para provocar o brasileiro, o aplaudindo em tom de ironia. Do outro lado, o paulista bateu no peito e apontou o dedo para o alto.

Ao ser entrevistado por Joe Rogan, Chandler prometeu dar um grande show aos fãs presentes ao evento e avisou que os encontra no topo. Já ‘Do Bronx’ declarou que a luta corre em sua veias e que está preparado mental e fisicamente para o combate. Empolgado, o paulista garantiu que vai se tornar o segundo campeão brasileiro na historia do peso-leve do UFC.

Anteriormente, Tony Ferguson roubou a cena na coletiva de imprensa pré-UFC 262 com sua postura ousada, mas o lutador não conseguiu repetir o feito na pesagem cerimonial. A encarada entre ele e Beneil Dariush foi protocolar. Os atletas se cumprimentaram, mas ficaram distantes. Enquanto ‘El Cucuy’ estava agitado, o pupilo de Rafael Cordeiro permaneceu imóvel. Ao menos, o encontro no octógono promete movimentar o peso-leve, assim como o ‘main event’.

play
0:45

Do Bronx revela doenças na infância e que médicos aconselharam afastamento dos esportes: 'Preferia morrer do que deixar de fazer o que gostava'

Lutador brasileiro do UFC foi entrevistado com exclusividade por Gustavo Faldon, do ESPN.com.br

Dois momentos envolvendo brasileiros também merecem destaque na pesagem cerimonial do UFC 262. Pelo peso-pena (66 kg), os strikers Edson Barboza e Shane Burgos, que prometeram uma guerra no octógono, se encararam olho no olho e de forma intensa. Animados, os integrantes do top-15 da categoria vibraram e riram um para o outro. A expectativa de parte dos fãs é de que o embate possa concorrer ao bônus de ‘luta da noite’.

No peso-médio (84 kg), Ronaldo ‘Jacaré’ e André ‘Sergipano’ se cumprimentaram, mas permaneceram sérios. Para o confronto, a promessa da categoria mostrou admiração pelo veterano, enquanto este cravou que vai encerrar a má fase contra um oponente mais novo.

play
1:03

Do Bronx revela por que usa o lema 'a favela venceu': 'Eu não tinha nada e fui pra Disney, dava vontade de chorar'

Lutador brasileiro do UFC foi entrevistado com exclusividade por Gustavo Faldon, do ESPN.com.br