<
>

Chandler explica motivo para disputar título dos leves com apenas uma luta pelo UFC: 'Meu currículo fala por si'

Quando atuava pelo Bellator, Michael Chandler era apontado por parte da comunidade do MMA como uma das principais ameaças aos tops do peso-leve (70 kg) do UFC. Em janeiro de 2021, o americano confirmou a expectativa de uma parcela dos fãs e sua estreia foi tão impactante, que o Ultimate, imediatamente, o escalou para disputar o título vago da divisão contra Charles ‘Do Bronx’ na edição de número 262, que acontece neste sábado (15), em Houston (EUA).

Na coletiva de imprensa pré-UFC 262, realizada na última quinta-feira (13), Chandler explicou o motivo para já lutar pelo cinturão do peso-leve em sua segunda aparição pela companhia. De acordo com ‘Iron’, além de impressionar contra Dan Hooker, uma vez que nocauteou o neozelandês no primeiro round, sua trajetória no Bellator também foi importante. Vale destacar que o americano é um dos principais símbolos da organização.

Na antiga casa, o Chandler foi campeão do peso-leve em mais de uma oportunidade, se tornou popular e protagonizou duelos marcantes contra Ben Henderson e Eddie Alvarez. Com o retrospecto favorável, o profissional da ‘Sanford MMA’ passou a integrar o top-5 da divisão do UFC e aproveitou o fato de Khabib Nurmagomedov se aposentar e de Conor McGregor e Dustin Poirier focarem na trilogia para disputar o cinturão.

“Hoje em dia, a palavra merecer é difícil de quantificar. Estou neste esporte há mais de uma década. Faço 13 anos em agosto. Meu currículo fala por si. Venci dois ex-campeões do UFC, então adoro o meu currículo. Eu amo meu passado, amo meus altos e meus baixos”, declarou Chandler, antes de completar.

“O show que fiz contra Hooker, fazendo em dois minutos e meio o que Poirier e Felder não conseguiram fazer em 25. Acredito que foi um indicativo para conseguir disputar o título, sem mencionar o fato de que eu entrei chutando a porta e disse sim a todas as oportunidades. Eu apareço, sou um trabalhador. Vou dizer sim quando me ligarem”, concluiu.

Michael Chandler, de 34 anos, ficou tão empolgado por nocautear Dan Hooker em sua estreia no UFC, que, imediatamente, desafiou Conor McGregor, Dustin Poirier e Khabib Nurmagomedov, ainda no octógono. Atualmente, o ex-campeão do Bellator ocupa o quarto lugar no ranking do peso-leve do Ultimate. Após enfrentar Charles ‘Do Bronx’, ‘Iron’ já manifestou o interesse em lutar contra ‘Notorious’ e ‘The Diamond’.