<
>

Ketlen Vieira faz revanche contra medalhista olímpica no UFC em agosto

Ketlen Vieira já sabe contra quem e quando vai voltar a lutar pelo UFC. Derrotada em sua última aparição, a brasileira vai enfrentar a wrestler Sara McMann, medalha de prata nas Olímpiadas de Atenas, em duelo válido pelo peso-galo (61 kg) e que acontece no evento do dia 28 de agosto, ainda sem local definido. A informação foi divulgada pelo site ‘MMA Fighting’ e, mais tarde, confirmada pela própria atleta através de suas redes sociais.

Essa será a segunda vez que Ketlen e McMann vão se enfrentar no UFC. Na primeira luta, realizada em 2017, a brasileira finalizou a adversária no segundo round e, na época, se consolidou como uma das melhores atletas do peso-galo da companhia. Após perder para Yana Kunitskaya, em fevereiro, a representante da ‘Nova União’ aceitou encarar uma oponente que já superou anteriormente para voltar ao caminho das vitórias e, quem sabe, subir no ranking da divisão.

“Desde o início da minha carreira, dentro e fora do UFC, sempre aceitei todas as lutas que me foram oferecidas, pois acredito que não existem atalhos para alcançar nossos objetivos. Acredito e confio nos planos de Deus para a minha vida e sei que ele jamais dá um fardo que não possamos carregar. Minha fé sempre será inabalável e meu trabalho é árduo. Vamos para mais uma guerra no dia 28/08”, escreveu a brasileira em sua conta oficial no ‘Instagram’.

Ketlen Vieira, de 29 anos, é oriunda do judô e se destaca no MMA, justamente, por conta de seu grappling. A brasileira iniciou sua trajetória no esporte em 2014 e, dois anos depois, chegou invicta ao UFC. Na modalidade, a manauara disputou 13 lutas, venceu 11 e perdeu duas vezes. Atualmente, a atleta ocupa a sétima posição no ranking do peso-galo e busca voltar a integrar o top-5 da categoria. Seu triunfo de maior destaque foi diante de Cat Zingano.

Sara McMann, de 39 anos, ficou conhecida no MMA pelo seu porte físico. Apesar de possuir um wrestling de alto nível, a americana não conseguiu adaptar bem a arte que pratica para as artes marciais mistas. A veterana chegou invicta ao UFC, estreou pela organização em 2013, disputou 12 lutas nela, venceu seis e perdeu outras seis vezes. Seu triunfo mais importante no esporte foi contra Alexis Davis.