<
>

UFC: Kamaru Usman diz que Covington fez pouco para merecer revanche e lista possíveis adversários

play
Weidman revela o que passou em sua cabeça quando viu perna quebrada e relembra dor (2:53)

Lutador americano falou sobre a lesão que teve no UFC 261 na luta contra Uriah Hall (2:53)

A situação dos meio-médios (77 kg) do UFC não é tão clara como se imaginava. Após Kamaru Usman nocautear Jorge Masvidal na revanche válida pela edição de número 261, que aconteceu em abril, na Flórida (EUA), Dana White mencionou Colby Covington como possível novo desafiante ao cinturão do nigeriano, porém o atleta indicou possuir outros nomes em mente.

Em entrevista à ESPN, Usman não recusou enfrentar Covington, seu grande rival, mas, ao mesmo tempo, listou Leon Edwards, Michael Chiesa e Vicente Luque como atletas vivendo grande fase e próximos de disputar o cinturão dos meio-médios. De acordo com o campeão da categoria, ‘Chaos’ fez pouco para merecer uma nova chance de enfrentá-lo pelo título novamente. Vale lembrar que Ali Abdelaziz, empresário do nigeriano, recentemente, surgiu com o mesmo discurso do lutador. Dessa forma, Usman informou que vai estar atento ao que acontece na divisão e pediu para que os demais competidores o impressionem no octógono.

“Não vou dizer que não quero a luta. Aceito tudo, não importa quem seja, mas, no final do dia, o que ele fez para ganhar isso? Sua reivindicação não pode ser disputar cinco rounds comigo. Masvidal e Woodley também fizeram isso. Você não pode lutar três vezes em três anos e esperar por uma chance pelo título, quando lutei três vezes em nove meses. O campeão não pode ser o cara mais ativo da categoria. Já passei por toda a divisão e agora estou voltando”, declarou Usman, antes de completar.

“Me mostrem algo, alguma atividade. Edwards admitiu que ficou para trás, mas, desde que ele lutou comigo, conseguiu um currículo impressionante. Você tem Chiesa com quatro vitórias consecutivas, você tem Luque em sequência de vitórias. Por que ele merece essa chance? Por que fez cinco rounds, teve a mandíbula quebrada e acabou nocauteado? Isso não faz sentido para mim. Quero ver como isso funciona. Se Edwards fizer algo espetacular, faz sentido. Se Nate fizer algo espetacular, isso também poderia fazer sentido”, concluiu.

Colby Covington e Kamaru Usman se firmaram como grandes nomes dos meio-médios do UFC e, quando se enfrentaram, a dupla impressionou Dana White e os fãs de MMA. Em 2019, os rivais protagonizaram uma verdadeira batalha, vencida pelo campeão da categoria. Desde então, o nigeriano venceu duas vezes Jorge Masvidal e Gilbert ‘Durinho’, enquanto o americano passou por Tyron Woodley.