<
>

Cormier se mostra impressionado com talento de Jiří Procházka no UFC: 'É especial'

Jiří Procházka mudou de patamar no MMA depois de sua participação no UFC Vegas 25. No evento realizado no último sábado (1º), em Las Vegas (EUA), o atleta se destacou ao nocautear Dominik Reyes no segundo round, conquistou os bônus de ‘performance da noite’, de ‘luta da noite’ e se aproximou de disputar o cinturão dos meio-pesados (93 kg). Após o show no octógono, o tcheco ganhou o apoio de Daniel Cormier.

Ao participar do programa ‘DC & Helwani’, na ‘ESPN’ americana, o ex-campeão dos meio-pesados e do peso-pesado do UFC rasgou elogios a Procházka.

O comentarista se mostrou tão impressionado com a atuação do tcheco, que classificou o lutador como diferente dos demais e projetou um futuro grandioso para o mesmo na organização. De acordo com Cormier, poucos são os profissionais capazes de lidar com a intensidade do atleta no octógono. “Ele está fazendo algo com propósito, mesmo fazendo de forma imprudente. Acho que ele é especial, porque nem se cansa. Muitas vezes, quando se tem esse ritmo no primeiro round, o segundo é mais lento. No decorrer da luta, você diminui mais o ritmo, mas com ele não. Sinceramente, depois de ver Reyes no primeiro round, parecia uma questão de tempo para ser nocauteado. Ele é uma avalanche descendo a montanha. Não há nada capaz de pará-lo, a não ser que você aplique um nocaute. Não vejo alguém fazendo isso, exceto Blachowicz”, decretou o ex-lutador e atual comentarista.

Anteriormente, Daniel Cormier utilizou suas redes sociais para elogiar Jiří Procházka e analisou a promessa dos meio-pesados do UFC. ‘DC’ citou o condicionamento físico, o queixo resistente e o instinto para encerrar as lutas como principais qualidades do tcheco.

O registro profissional de Procházka no MMA também impressiona. Em sua trajetória no esporte, o tcheco, de 28 anos, disputou 31 lutas, venceu 27, sendo 24 por nocaute e duas por finalização, perdeu três e empatou uma vez.

Os triunfos de maior destaque de ‘Denisa’ na modalidade foram diante de Dominick Reyes, ‘King Mo’ Lawal, Vadim Nemkov e Volkan Oezdemir.