<
>

Stephen Thompson aposta no retorno de Chris Weidman após lesão: "Indestrutível"

play
Imagens fortes: Chris Weidman mostra pontos e como ficou a perna após cirurgia (0:33)

Norte-americano fraturou a perna na luta principal do UFC 261 e as imagens chocaram o mundo (0:33)

A lesão sofrida por Chris Weidman no último dia 24 de abril, ao encarar Uriah Hall no UFC 261, causou comoção dentro da comunidade das lutas e colocou em xeque o futuro do ex-campeão dos médios (84 kg).

A gravidade e o trauma da fratura na perna, somados à idade avançada do lutador, fizeram muitos se questionarem se o americano teria forças para retornar aos octógonos.

A dúvida sobre a volta de Chris, no entanto, não parece ser compartilhada por um colega de profissão que também possui laços familiares com o americano. Ao site ‘TMZ Sports’, Stephen ‘Wonderboy’ Thompson – meio-médio (77 kg) do UFC e cunhado de Weidman – destacou sua confiança no poder de resiliência do ex-campeão para apostar no seu retorno aos octógonos, mesmo após a devastadora lesão. O meio-médio ainda apontou para o estilo de luta do cunhado como um dos fatores que favorecem sua provável volta. Tendo em vista que Weidman, em todos os anos da carreira, nunca foi conhecido por ter nos chutes o seu ponto forte, Thompson aposta que o ex-campeão possa ter novamente um bom desempenho nos combates, ainda que diminua a frequência, ou até mesmo pare de utilizar este tipo de golpe.

“Quando eu comecei a treinar com Chris Weidman, isso foi antes dele ser campeão, e eu percebi quando ele conquistou o título o porquê ele era o campeão. A rotina de trabalho duro a qual ele se submete, a força mental e espiritual que esse cara tem, é indestrutível, cara, realmente é. Então, sabendo isso sobre ele, eu sei com certeza que ele vai voltar”, cravou ‘Wonderboy’, antes de completar.

“O estilo de luta dele – se isso acontecesse comigo, seria diferente porque eu dependo muito dos meus chutes. Ele pode nunca chutar novamente e ainda dominar no UFC, na divisão dele. Ele não é conhecido por seus chutes, ele é conhecido por sua trocação, seu wrestling. Então, isso é uma coisa que faz não ser tão preocupante. Sim, é terrível que aconteceu e eu rezo para que cicatrize rápido, e sei que vai, mas ele não precisa nunca mais chutar novamente e ele ainda pode vencer as lutas”, finalizou Stephen Thompson.

Ex-campeão dos pesos-médios, Chris Weidman buscava sua primeira sequência positiva desde a perda do título quando sofreu uma fratura na perna direita. A contusão ocorreu quando o americano teve um chute baixo bloqueado pelo jamaicano Uriah Hall, ainda nos primeiros segundos do duelo disputado no UFC 261, na Flórida.

Transportado para o hospital logo após o ocorrido, o veterano, de 36 anos, passou por cirurgia e já se recupera em casa. Coincidentemente, o americano esteve do lado oposto de uma lesão bastante similar, que também chocou a comunidade do MMA, em 2013. Na revanche da disputa pelo título contra Anderson Silva, Weidman viu o brasileiro cair de dor e desespero ao ver sua perna esfacelada após ter um chute bloqueado.