<
>

UFC: Jake Paul diz que Cormier 'pipocou', detalha 'treta' e ironiza ex-campeão: 'Ele não assusta. Tem 1,73m e é gordinho'

play
Jake Paul detalha 'treta' com Cormier no UFC 261 e dispara: 'Você teve sua chance e pipocou, é vergonhoso' (3:18)

Youtuber bateu boca com ex-lutador na plateia em Jacksonville, na Flórida (3:18)

O UFC 261 não teve briga apenas dentro do octógono. O ex-campeão dos pesados e meio-pesados do Ultimate Daniel Cormier, que trabalha na transmissão oficial em inglês na ESPN dos EUA, avistou Jake Paul, youtuber que tem causado no mundo do boxe, e foi cobrar satisfação.

Nesta terça-feira, Jake Paul explicou o ocorrido com o ex-campeão do UFC em entrevista a Ariel Helwani, da ESPN. Veja a declaração do youtuber na íntegra abaixo:

"Nós chegamos aos nossos assentos e eu estava diretamente atrás da cabine de transmissão. A plateia me viu e começou a cantar: 'Jake Paul!' O DC (Cormier) vira e começa a me encarar, como se estivesse p... da vida. Ele falou alguma coisa para mim. Eu só fiquei olhando para ele, pensando "tanto faz"... Aí teve um intervalo após uma luta, ele tirou os fones de ouvido e veio 'babando' para cima de mim. Antes dele ficar cara a cara comigo, ele disse: "Isso não é um jogo! Isso não é um jogo!" "É melhor você não me desrespeitar, se não vou te arrebentar!" "Deixe meu nome fora da p... da sua boca!".

Acho que o objetivo dele era me assustar ou me intimidar. Ele veio todo "machão", rápido e violento, colocou o dedo na minha cara. Eu pensei: ele não é assustador, ele tem 1,73m e é gordinho. Quando ele percebeu que eu não estava intimidado por ele, que poderíamos sair na mão ali, como "se você quiser fazer alguma m..., faça agora." Minha resposta imediata foi: "Você colocou meu nome na sua boca primeiro." O que é um fato. Então ele vir dizer para eu deixar o nome dele fora da minha boca, e eu dizer que ele falou de mim primeiro, isso é muito verdade, depois da entrevista coletiva do Ben Askren, ele tuitou que "o Ben ia ganhar com certeza", "Eu vi como o Jake reage quando é acertado na cara", algo assim. Essa é a primeira vez que ele falou de mim.

Depois vocês falaram de mim no seu programa várias vezes, falaram de mim na semana da luta, depois da luta, dizendo que foi vergonhoso para o Ben e tal. Então eu tuitei para ele: "Você representa a comunidade do MMA. Vamos lutar." "Se você é tão grande, mau e durão..." Essa é a única vez que eu o mencionei, e acho que isso o chateou porque eu o chamei de "garoto gordo".

Foi daí que ele tirou o "deixe meu nome fora da sua boca". Eu respondi que ele falou de mim primeiro. Ele também disse que ia me dar um tapa quando me visse. "Se eu ver o Jake Paul alguma vez, vou dar um tapa na cara." Aí ele me viu, eu estava ali ao alcance dos braços e ele não fez nada. É engraçado para mim. Eu vi que ele disse que não poderia me bater porque estava trabalhando e daria problema. Você é sério com suas tretas ou não é sério com suas tretas? Dana White não teria feito nada se você colocasse suas mãos em mim. Você teve sua chance e você pipocou. É vergonhoso. Você é uma vergonha e não é um homem de palavra".

play
3:07

Cormier explica discussão com Jake Paul e diz: 'Eu queria agarrar a cara dele, mas eu teria problemas com o UFC'

Dupla tem se estranhado desde a semana anterior e treta ficou quente durante o UFC 261

Na segunda-feira, Cormier já havia dado sua versão do ocorrido em seu programa na ESPN.

"Então, eu consigo lidar com várias coisas na minha vida. Uma não é quando sinto que um cara me desrespeitou, falando de um jeito que eu acho que ele não falaria na minha cara. Eu não consigo lidar com isso. Então, eu estava na mesa de transmissão e me disseram que o Jake Paul estava lá. Eu olhei para trás e ele estava fazendo caretas para mim, acenando, me olhando. Eu fiquei tipo: 'Que p... está acontecendo?' No meio da transmissão? É, essa criança de 24 anos está me zoando. Como um 'troll', mas um 'troll' famoso. Tivemos um intervalo e eu perguntei se tinha alguns minutos. Falaram que não, e eu disse que precisava de uns minutos rapidinho. Eles disseram: 'Ok, você tem dois minutos agora'", começou Cormier.

"Então eu levantei e fui lá porque enquanto ele falava, isso é a única coisa que eu conseguia pensar. Eu ficava: 'Esse cara está sendo tão ridículo que eu preciso falar algo para ele'. Eu fui lá e ele se inclinou, como se fossemos ter uma conversa. E suas mãos estão nos bolsos. Aí eu disse: 'Ei, eu não vou jogar seus joguinhos. Não mexe comigo. Não sou uma criança para você brincar assim. Eu não vou ficar na internet zoando e tal, mantenha meu nome fora da sua boca'. Aí a segurança chegou, e quando a segurança estava perto ele começou a querer crescer, apontar para mim. Mas ele estava com as mãos no bolso, se inclinou... Eu disse: 'Não vou jogar seu jogo. Você vai se machucar se ficar tirando onda. Não vou lutar com você e ficar nessas besteiras. Não fale de mim'", continuou.

play
0:43

Jake Paul conta em detalhes como foi 'treta' com Daniel Cormier no UFC e desafia: 'Não tenho medo de você, você é baixo'

YouTuber e ex-atleta discutiram na plateia do UFC 261 no último sábado

"E ele disse: 'Você disse meu nome primeiro'. E eu falei: 'Não brinque comigo. Não sou uma criança'. Eu queria agarrar a cara dele, mas eu teria problemas com o UFC. Porque ouça, você precisa ser o alfa com uma criança como essa. Eu queria pegar seu rosto e arremessar no chão. Mas eu não posso fazer isso no trabalho, teria causado problemas. Então só fui lá e conversei com ele, aí a segurança veio... E ele disse: 'Assine o contrato'. E eu: 'Por favor... Assine o contrato? O que você está falando? Que contrato? Do que você está falando? Não existe contrato nenhum!'".

"Eu disse isso na semana passada, vamos lá cara. Você pode falar e agir assim com algumas pessoas, mas não com todo mundo. Nem todo mundo vai entrar nisso. Se você se meter com algumas pessoas, elas vão te dizer como estão se sentindo", finalizou.

Jake Paul deu a sua versão em seu Instagram no domingo.

"Ele veio até mim, começou a falar, e ele falou 'deixe meu nome na sua boca'. Você colocou meu nome na sua boca primeiro, você falou de mim no seu podcast com Ariel (Helwani). Eu falei 'Vamos assinar um contrato, vamos lutar'. Não tenho medo de você, DC. Você é baixo", disse o youtuber.

Jake Paul postou um vídeo da discussão mais de perto com a legenda: "Daniel Cormier online: 'Eu vou bater em Jack Paul quando eu vê-lo'. Daniel Cormier em pessoa..."

Entenda a "treta"

No começo desta semana, após conseguir sua terceira vitória no boxe profissional com um nocaute espetacular sobre Ben Askren, ex-lutador do UFC e campeão do Bellator, Jake Paul provocou Cormier em seu podcast.

"Daniel Cormier, eu arrebento o seu traseiro gordo também...assim como Stipe (Miocic) fez. Eu juro por Deus, eu arrebento Daniel Cormier", disse Paul. "Ok, gordão. Eu e você...", postou Paul, no Twitter.

"Esse cara nunca lutaria comigo. Eu mataria ele. Por que eu lutaria com alguém como ele?", respondeu Cormier, na ESPN.

"Eu não vou bater em um garoto que está no YouTube pedindo 'lute comigo!'. Por que faria isso? O que você fez para merecer lutar comigo? É estúpido. Mas eu gostaria que ele enfrentasse Tyron (Woodley). Eu gostaria que ele enfrentasse alguém mais real", completou.

Em três lutas de boxe na carreira, Jake Paul venceu todas por nocaute no primeiro round. Seus eventos, da promotora Triller e com rappers famosos como Justin Bieber e Snoop Dogg têm sido sucesso de audiência.