<
>

McGregor compra o bar em que agrediu cliente e ainda teve 'prejuízo' de R$ 6,6 mil

play
Ex-campeão do UFC, Weidman conta seus planos para o futuro e como pretende se aposentar com o cinturão (1:14)

Ex-campeão do Ultimate e grande algoz da carreira de Anderson Silva falou em exclusividade com a ESPN Brasil (1:14)

Normalmente, um criminoso não volta à cena do crime. Mas no caso de Conor McGregor, ele não só voltou, como comprou o local onde protagonizou um incidente pelo qual foi condenado e multado no valor de mil euros (cerca de R$ 6,6 mil) pela Justiça irlandesa.

De acordo com o site ‘The Currency’, o irlandês se tornou o novo proprietário do ‘The Marble Arch Pub’, localizado em Dublin, na Irlanda. A informação foi confirmada pelo próprio McGregor através de sua conta oficial no Twitter.

O local foi palco de uma das inúmeras polêmicas do lutador fora dos octógonos, na qual agrediu fisicamente um senhor de idade após o mesmo se recusar a aceitar uma dose de seu uísque (Proper Twelve).

O incidente ocorreu em abril de 2019 e veio a público quatro meses depois, quando o site ‘TMZ’ divulgou o vídeo com as imagens da agressão.

play
1:31

Weidman admite erros e baixa na carreira, mas garante: 'Vocês verão minha versão; será meu renascimento'

Ex-campeão do Ultimate e grande algoz da carreira de Anderson Silva falou em exclusividade com a ESPN Brasil

“Sim (comprei), e seu homem está barrado”, confirmou Conor, indicando que a vítima estaria impedida de frequentar o pub agora que o lutador é o novo proprietário do local.

Nos últimos anos, Conor McGregor colecionou polêmicas fora do octógono. Além do caso de agressão contra o senhor de idade, o ex-campeão peso-pena (66 kg) e peso-leve (70 kg) do UFC teve seu nome envolvido em outras supostas transgressões, como, por exemplo, duas acusações de abuso sexual, as quais o atleta nega ter qualquer veracidade.

Recentemente, o astro do MMA mundial adotou uma postura mais leve em relação à sua personalidade, evitando inclusive as declarações polêmicas.

No entanto, ao que parece, a versão ‘paz e amor’ do lutador durou pouco, e já é possível ver o retorno das tradicionais e polêmicas declarações que o ajudaram a se tornar o atleta mais popular da história da modalidade.

No momento, McGregor se prepara para encerrar o capítulo final da trilogia contra Dustin Poirier no UFC 264, marcado para o dia 10 de julho.