<
>

Ex-campeão do UFC revela que Jake Paul vazou seu número e desafia youtuber para 'acertar as contas': 'Vamos resolver e ser pagos por isso'

play
Ex-campeão do UFC revela 'treta' com Jake Paul no vestiário e implora por permissão a Dana White: 'Boxe, MMA, trilogia, o que você quiser' (1:21)

YouTuber Jake Paul está causando no mundo das lutas após ter derrotado Ben Askren (1:21)

Após nocautear o ex-UFC Ben Askren no último fim de semana, Jake Paul foi desafiado novamente. Em entrevista à ESPN americana, o ex-campeão do peso-meio-médio do Ultimate Tyron Woodley chamou o youtuber para um novo embate, e inclusive disse que pedirá permissão ao presidente da companhia, Dana White, para que a luta possa acontecer.

Segundo Woodley, antes da luta contra Askren ser confirmada, ele foi convidado para encarar Paul no boxe, em novembro, mas não aceitou o convite porque estava indisponível na época. Entretanto, após ter seu número vazado pelo youtuber, a situação se tornou pessoal e agora o desejo de enfrentá-lo é mais do real.

"Jake me ligou e me passou um trote há algumas semanas. Eu estava a caminho de Miami para a festa do Floyd Mayweather, ele me ligou e no início parecia que estavam me entrevistando, 'então o que você acha de Jake Paul?', eu disse, 'para ser honesto, eu não dou a mínima para o que Jake está fazendo, eu realmente não me importo, eu não me importo se ele está treinando com Bernard Hopkins, Mike Tyson, Sugar Ray... eu não me importo com quem ele está treinando porque ele não enfrentou pessoas do mais alto nível mundial, esta não é a minha luta'. Estive lá (em Atlanta) pelo Ben, que me ajudou a conquistar títulos mundiais, nós treinamos juntos por muito tempo e ele é uma pessoa que eu me importo, então estou lá por ele, essa é a única razão de eu ter atendido a ligação. Mas depois que fiz essa entrevista, meu número de telefone foi vazado, quatrocentos, quinhentos, seiscentos telefonemas, então eu descobri (que foi Jake Paul). Eu o chamei e disse 'Eu sei o que você está fazendo, mas não vejo nenhum dinheiro atrás de você'. Agora já olho a cara dele e penso em socá-lo. Agora a luz está verde. Vamos lutar. Não é um lutador lutando contra um youtuber, é um homem lutando contra um homem, vamos lutar e ser pagos por isso, eu não acho que ele tenha essa coragem, se esse garoto quiser lutar comigo, me encontre dentro do cage", começou por dizer.

"Lute comigo se você realmente quer lutar contra alguém, se quer dizer que venceu alguém, lute contra um campeão mundial para mostrar que você sabe nocautear, lute contra alguém que você sabe que vai esmurrar a sua cara, aí se você me vencer, pode mesmo dizer que é um lutador", prosseguiu.

Presente em Atlanta no último sábado (17) para a luta de Ben Askren, Woodley também revelou que ele e Paul se estranharam nos bastidores do evento, mais um motivo para ele ter desafiado o youtuber. E para que esta luta possa acontecer, o ex-campeão do UFC revelou que pedirá permissão para Dana White, inclusive, já que ainda tem contrato com o Ultimate.

"Quer sair por aí dizendo que é um lutador, que bateu num dos nossos grandes? O 'parça' dele (Ben) está aqui. Vamos lutar. Vamos no boxe, MMA, os dois, trilogia, wrestling, o que você quiser, luta de dedos, xadrez, dama. Se você quiser, vamos fazer. Eu não acho que ele quer. Eles me ofereceram para lutar contra ele em novembro, obviamente eu não podia, porque tenho contrato com o UFC, mas desta vez eu vou falar com o Dana (White) ou alguém, não sei o que está rolando, se vai funcionar, mas me deixem arrebentar com esse cara. Por favor, me permitam", disse.

"Agora onde está toda aquela conversa dele? Agora ele só está falando do oposto de mim. Dustin Poirier, Conor McGregor e Nate Díaz. Não, lute contra mim! Eu sou igual a você. Você falou muita coisa no vestiário. Vamos lutar. É aí que você só ouve os grilos, porque algumas pessoas são feitas para isso, outras não. Não é nem um lutador de MMA lutando contra um YouTuber. É um homem lutando contra um homem. Você quer falar? Vamos resolver e ser pagos por isso. Eu não acho que ele tem culhões, não acho que vai aceitar", prosseguiu.

Em relação aos atributos de Paul, Woodley deixou claro que conhece outros famosos, como os rappers Usher e Whiz Khalifa, que conseguiriam fazer o mesmo que ele dentro do ringue.

"Você olha para os nocautes e socos dele, na maioria dos golpes que ele nem está olhando... Como lutador, não, não tenho nenhuma opinião diferente (sobre ele). Eu sempre dou crédito a ele por ser um atleta, mas eu nunca acreditei na sua habilidade de ser um atleta e realmente conquistar algo importante. Posso citar 20,30 celebridades ... Usher pode boxear, ele é um bom boxeador, Wiz Khalifa, Mercedes Lewis, Sean Merriman... alguns desses caras são melhores do que Jake", finalizou.