<
>

UFC 262: Tony Ferguson ataca Nate Diaz e minimiza participação do lutador: 'Brincadeira'

play
'Conor McGregor quer vingança': Entenda como a rivalidade do irlandês com Poirier só vai ficar mais intensa até revanche (0:52)

Com uma vitória para cada lado, rivais prometem trilogia emocionante (0:52)

Mesmo em má fase no esporte, Tony Ferguson não perde a pose. Após ser derrotado nas duas últimas lutas, ‘El Cucuy’ vai encarar Beneil Dariush no UFC 262, evento que acontece no dia 15 de maio, em Houston (EUA), para voltar à corrida pelo título do peso-leve (70 kg). Contudo, o veterano ignorou o adversário e surpreendeu ao comentar sobre sua rivalidade com Nate Diaz.

Recentemente, Ferguson utilizou suas redes sociais para atacar os desafetos que possui no peso-leve e sobrou para o bad boy, que não luta desde 2019. Em entrevista ao site ‘Submission Radio’, ‘El Cucuy’ explicou que, na ocasião, brincou com o atleta e também o elogiou. No entanto, o veterano deu a entender que é mais lutador do que o rival e minimizou a participação do mesmo no UFC 262, uma das principais atrações da temporada 2021 e que teve todos os 17 mil ingressos vendidos em questão de minutos.

No show, a luta entre Charles ‘Do Bronx’ e Michael Chandler vai definir o novo campeão do peso-leve, Nate retorna ao octógono contra Leon Edwards pelos meio-médios (77 kg), no primeiro ‘co-main event’ de cinco rounds na história do UFC, e o duelo entre Dariush e Ferguson vai mexer no ranking dos 70 kg. Com tantos destaques, ‘El Cucuy’ cravou que o bad boy não influenciou no sucesso comercial da atração e, caso encontre o rival nos bastidores, garantiu que vai agir normalmente, uma vez que vivenciou situações de maior perigo no MMA.

“Nate Diaz sempre foi minha p***. É apenas ‘trash talk’, apenas uma brincadeira. Não tenho nada contra o cara. Ele é um lutador bom e sólido, mas vamos lá. Estive perto de um bando de pessoas do Daguestão tentando cercar minha família, passei por muita coisa no jogo da luta. Serei real, até mesmo com Nate falando meu nome”, declarou Ferguson, antes de completar.

“Não tenho nada contra ele. Estamos em divisões diferentes, então eu não deveria perder tempo. Todos sabem quem realmente vendeu o evento. Não precisamos citar nomes, mas, definitivamente, não foi Nate. Você sabe o que eu quero dizer? Ele, simplesmente, apareceu do nada, mas amo isso. É incrível fazer parte de um evento emocionante e os fãs estarão lá. Eles vão fazer muito barulho”, concluiu.

A curiosidade é que Nate Diaz e Tony Ferguson nunca se enfrentaram no MMA, mesmo sendo veteranos do esporte. Entretanto, um hipotético embate entre a dupla ainda pode acontecer no futuro. É bem verdade que os atletas atuam em categorias diferentes, porém o próprio Dana White está disposto a convencer o bad boy a descer de divisão, pelo fato dela apresentar lutas mais lucrativas. Caso Nate retorne aos leves, Conor McGregor, Dustin Poirier e o próprio ‘El Cucuy’ lideram a lista de possíveis adversários.