<
>

Aposentado do MMA, Georges St-Pierre vai interpretar vilão em série

play
Belfort cobra Wanderlei Silva por revanche: 'Ele tem que assinar o contrato' (1:03)

Luta entre os dois brasileiros teve nocaute espetacular de Belfort em 1998 (1:03)

Georges St-Piere sempre tem seu nome especulado sobre um possível retorno ao UFC. Diversos rivais já manifestaram interesse em encarar o canadense, que sempre nega uma volta. Nesta semana surgiu um dos motivos que poderia ser um impasse para os fãs verem um atleta em ação novamente. O ex-campeão do UFC vai atuar novamente como ator e fazer uma participação em uma série da Marvel.

Em entrevista ao site ‘ComicBook’, o canadense revelou que foi convidado para voltar a assumir o papel do vilão Batroc, na série ‘Falcão e o Soldado Invernal’, que ainda será lançada no Brasil. O lutador já tinha feito esse personagem no filme ‘Capitão América 2: Soldado Invernal’.

“Comecei a levar mais a sério o trabalho de ator. Toda semana eu tenho aulas de interpretação, que incluem cursos de cinema, atuação diante das câmeras, técnicas de apresentação e aulas de inglês. É muito trabalho, mas eu me dedico da mesma maneira quando treinava para lutar. Nas artes marciais você começa na faixa-branca e é de onde eu tenho que começar como ator. Tenho que subir a montanha novamente”, disse, antes de completar.

“Sou um grande fã de quadrinhos e não esperava reviver esse papel novamente. Então fiquei muito empolgado quando eles me chamaram. Eu me sentia um verdadeiro super-herói quando estava no octógono, e quando tudo terminava eu voltava a me sentir um ser humano normal”, concluiu.

Essa aparição vai marcar a estreia de Georges St-Pierre em séries, já que atuou como ator em outras produções, todas no cinema. Além de ‘Capitão América 2: Soldado Invernal’, o canadense participou de ‘Cartels’, ‘Kickboxer: A vinganç do Dragão’ e ‘The Hurt Business’.

Com 39 anos, Georges St-Pierre é considerado um dos grandes nomes da história do MMA. O ex-campeão dos meio-médios e médios do Ultimate disputou 28 lutas em sua carreira na modalidade, vencendo 26 e perdendo duas. A última aparição de ‘GSP’ no octógono aconteceu em 2017, quando finalizou o inglês Michael Bisping.