<
>

Cejudo desafia campeões do UFC e cria teoria para não lutar com Volkanovski

play
Kunitskaya deixa brasileira toda ensanguentada no UFC; veja como foi a vitória da russa (0:40)

Ketlen Vieira perdeu por decisão unânime no último sábado (0:40)

Henry Cejudo atacou novamente. Mesmo aposentado do MMA desde maio de 2020, o ex-campeão do peso-mosca (57 kg) e do peso-galo (61 kg) do UFC não costuma perder a oportunidade de provocar os demais campeões da organização e, para variar, repete a tática.

Em suas redes sociais, Cejudo zombou de Deiveson Figueiredo, Petr Yan e Alexander Volkanovski e mostrou toda sua confiança ao garantir que o trio não resistiria se o enfrentasse. O ‘trash talk’ de ‘Triple C’ em relação aos dois primeiros é de longa data, mas, recentemente, o terceiro atleta citado se tornou o principal alvo do americano.

“Ei, Dana, por que você não alinha todos os campeões de aluguel dos moscas, galos e penas? Aposto minha casa, que nenhum deles conseguiria passar de dois rounds com o ‘Triple C'”, escreveu Cejudo em sua conta oficial no ‘Twitter’.

E não parou por aí. Ao participar do podcast ‘Remember The Show’, do atleta Belal Muhammad, Cejudo foi além e elaborou uma teoria para explicar o motivo de Dana White não cogitar realizar uma luta entre ele e Volkanovski. Quando ainda estava em atividade, ‘Triple C’ desafiou o australiano publicamente, pois nunca escondeu o objetivo de se tornar o único campeão de três categorias na história do UFC.

Ao tomar conhecimento da postura do americano, ‘The Great’ respondeu minimizando os ataques do rival e afirmou que ele não sabe com quem está mexendo. Além disso, o campeão do peso-pena (66 kg) explicou que seu plano é limpar a divisão e não a travar com superlutas, mas não descartou a possibilidade de encarar o desafeto no futuro. Pelo visto, o aposentado Cejudo vai perseguir Volkanovski até que o novo alvo aceite o embate.

“A luta que mais me atrai é contra Volkanovski. Eu quero fazer história. Eu já fiz história, quero continuar acumulando elogios. Sei que posso vencer Volkanovski e Dana sabe que posso vencer Volkanovski. Alguém querido por mim disse que a razão pela qual Dana não quer me dar a chance pelo título é porque ele sabe que eu vou vencer Volkanovski e acha que vou me aposentar novamente”, declarou Cejudo.

Henry Cejudo, de 33 anos, anunciou sua aposentadoria do MMA em maio de 2020, logo após nocautear Dominick Cruz e defender o cinturão do peso-galo do UFC pela primeira vez. Contudo, como não consegue se afastar do esporte, o ex-número um do peso-mosca e dos galos da organização alimenta especulações sobre uma possível volta ao octógono para realizar superlutas contra os atuais campeões.