<
>

Esquiva Falcão quebra nariz de rival, amplia invencibilidade e se aproxima de título mundial

Medalha de prata nos Jogos de Londres 2012, Esquiva Falcão segue com sucesso em sua longa caminhada rumo à chance de disputar um cinturão mundial. Neste sábado (20), em Las Vegas (EUA), o atleta precisou de quatro rounds para anotar seu 28º triunfo na carreira profissional diante do atleta que, ao menos no papel, representaria seu maior desafio nos ringues.

Para manter sua invencibilidade, o brasileiro bateu Artur Akavov por nocaute técnico ao final do quarto round. Acusando uma fratura no nariz, o atleta russo foi convencido por seu corner a se retirar da disputa, enquanto Esquiva fazia sinal com as mãos de que a hora de lutar pelo cinturão havia chegado.

Com um cartel perfeito após 28 apresentações, o brasileiro faz parte do top 10 do ranking das principais entidades do pugilismo mundial na divisão dos pesos-médios (72,6 kg). No entanto, vale lembrar que dois campeões interessam particularmente a Esquiva.

Super-campeão da WBA (Associação Mundial de Boxe), Ryōta Murata foi seu algoz na final das Olimpíadas de Londres 2012. Dono do título da IBF (Federação Internacional de Boxe),Gennady Golovkin é o atleta mais famoso e condecorado da categoria, além de ser o dono das maiores bolsas.