<
>

Mike Tyson e Holyfield negociam e já treinam para trilogia no Oriente Médio, diz site

play
UFC: Veja a reação dos companheiros de equipe de Sandhagen quando lutador nocauteou Edgar com joelhada voadora (0:18)

Luta 'quebrou a internet' com a linda finalização (0:18)

Em novembro de 2020, Mike Tyson retornou aos ringues em um confronto diante de Roy Jones Jr. após 15 anos afastado das competições. Embora este duelo, que terminou empatado, tenha sido em caráter amigável e sem uma pontuação oficial, ele mexeu com uma antiga rivalidade. Assim que soube da volta de ‘Iron’, Evander Holyfield abriu as portas para uma trilogia com o ex-campeão e, ao que tudo indica, ela já está próxima de sair do papel.

De acordo com o diário britânico ‘The Sun’, os dois lutadores já teriam aceito o convite para um combate que aconteceria no Oriente Médio, ainda sem uma data confirmada. Quem revelou esta informação foi Zab Judah, ex-campeão mundial na nobre arte e amigo de Tyson. O ex-pugilista também ajudou na negociação para a luta contra Roy Jones.

“Mike Tyson contra Evander Holyfield parte três vai ser incrível. Você só tem que olhar para a primeira e a segunda (luta) para não ter dúvida de por que não gostaria de assistir a terceira. (…) Pelo o que sei vai acontecer em Dubai”, disse o ex-pugilista, em entrevista ao site ‘Metro.co.uk’ antes de revelar que os dois já estão em camp para a luta e descartou que este encontro aconteça em um clima de amistoso.

“A luta está assinada, combinada e entregue. Mike e Evander estão treinando todos os dias e os dois homens estão vindo para fazer o seu trabalho. Eles não estão jogando, irmão. Não vai haver jogo. Mike Tyson contra Evander Holyfield parte três vai ser real. Pela terceira vez vai ser uma grande luta”, concluiu o amigo de Tyson.

Evander Holyfield, de 58 anos, e Mike Tyson, quatro anos mais jovem se enfrentaram em 1996 e 1997, com vitória do primeiro nas duas ocasiões históricas. Na primeira, o medalhista olímpico levou a melhor por nocaute técnico. Na segunda, por desqualificação, em luta que ficou marcada pela mordida que Tyson deu na sua orelha.