<
>

Estrela da NFL desafia Deontay Wilder para luta de boxe: 'Vou superá-lo'

play
'Se Khabib quer fazer comentário desrespeitoso, volte e vamos mais uma', responde McGregor (1:12)

Pelo Twitter, Khabib Nurmagomedov mandou uma cutucada curta e grossa ao irlandês apenas alguns minutos depois de o arquirrival ser nocauteado por Dustin Poirier no UFC 257. (1:12)

Não é raro assistir atletas de outras modalidades se aventurando nos esportes de combate e, ao que parece, o boxe é o principal destino para este tipo de projeto. Em novembro de 2020, o youtuber Jake Paul nocauteou Nate Robinson, ex-jogador da NBA, fato que pareceu empolgar Brandon Marshall, ex-profissional da NFL. Sem receio, ele expressou o interesse em se testar no ringue e surpreendeu ao mirar um dos grandes nomes da atualidade.

Marshall desafiou Deontay Wilder, ex-campeão mundial conhecido por seu jeito extravagante e pelo poder de nocaute. E tal confiança pode ser justificada por dois motivos. Primeiro, porque o americano treina regularmente com o veterano Evander Holyfield. Depois, porque o atleta de 36 anos garante que pratica boxe desde a infância, apesar de nunca ter lutado em um ringue.

“Você não pode me comparar a Deontay Wilder. Não sou Deontay Wilder. Nós o conhecemos por seu poder. Ele é um atleta anormal. Mas eu desafiaria Deontay Wilder a mergulhar um pouco mais fundo no esporte e é aí que acho que me separo de muitos desses pesados. Você não me viu no pay-per-view, não tenho uma vitória no meu currículo, derrota ou nocaute, mas, no final do dia, sei como lutar e sei boxear. Deontay Wilder, vou superá-lo, se algum dia tiver essa oportunidade”, disse Marshall ao site ‘TMZ Sports’.

Como o desafio é recente, Deontay Wilder ainda não se pronunciou a respeito. Vale lembrar que o encontro entre ‘The Bronze Bomber’ e Tyson Fury, realizado em fevereiro de 2020, foi uma das lutas mais comentadas da temporada. Na ocasião, Wilder perdeu a invencibilidade no boxe ao ser nocauteado no sétimo round. Na nobre arte, o americano disputou 44 combates, venceu 42, sendo 41 por nocaute, perdeu um e empatou outro.