<
>

UFC: Conor McGregor ataca Khabib Nurmagomedov e sugere que campeão seja destituído de título

De volta à ação neste sábado (23), diante de Dustin Poirier, na luta principal do UFC 257, em Abu Dhabi (EAU), Conor McGregor não esconde de ninguém que seu objetivo final é uma revanche contra Khabib Nurmagomedov, pelo cinturão dos leves (70 kg). Meta dificultada pela recente aposentadoria do russo e pelo constante desinteresse em um reencontro no octógono demonstrado pelo campeão em suas declarações. Mas, caso o desprezo do rival continue, o irlandês só enxerga uma solução.

Durante a coletiva de imprensa do UFC 257, realizada nesta quinta-feira (21), Conor sugeriu que Khabib seja destituído do título da divisão dos leves pela organização caso se mantenha inativo. Apesar de reiterar seu desejo de vingar a derrota sofrida para o russo em 2018, McGregor destacou que não pretende perseguir uma revanche se o rival não faz questão de enfrentá-lo novamente.

“O mundo sabe que essa luta não terminou. Essa guerra não terminou. O esporte precisa que isso aconteça, as pessoas precisam que isso aconteça. Eu não vou correr atrás disso se ele não quer. Eu vou mostrar ao mundo, com o tempo, o que é o que”, afirmou Conor, antes de sugerir que o campeão seja destituído de seu cinturão.

“Se aquele homem continuar a fugir e se esquivar do compromisso de competir novamente, o título deveria ser retirado. Eu estou interessado em ouvir quais serão as desculpas depois da luta (do UFC 257). Mas eu prevejo um título retirado”, apostou.

Conor McGregor e Khabib Nurmagomedov se enfrentaram em outubro de 2018, no UFC 229, em Las Vegas (EUA), em disputa que terminou com vitória do russo, por finalização. Desde então, o irlandês – ex-campeão peso-pena (66 kg) e peso-leve do Ultimate – tem buscado uma revanche contra o rival, mas ‘The Eagle’ nunca demonstrou interesse em dividir novamente o octógono com o astro da companhia.