<
>

Parceiro de time, Durinho aposta em vitória dominante de Chandler em estreia no UFC

play
Brasileiros fazendo história, lendas se aposentando e muito mais: os grandes momentos do UFC em 2020 (2:43)

Movimentado ano ainda teve a criação da Ilha da Luta e muita provocação (2:43)

Neste sábado (23), Michael Chandler finalmente vai fazer sua estreia no Ultimate, quando encara Dan Hooker no UFC 257, evento que vai acontecer em Abu Dhabi (EAU). O americano, que por anos foi uma das grandes estrelas do Bellator e ex-campeão do peso-leve (70 kg) da liga, chegou com uma expectativa alta do público e dos cartolas da sua nova casa.

Por isso, antes do americano pisar no octógono mais famoso do mundo, nada melhor do que saber uma opinião de quem convive diariamente com Chandler para ter uma ideia do que esperar da sua apresentação. Em declaração exclusiva à reportagem da Ag. Fight, Gilbert ‘Durinho’, que treina junto com o ex-Bellator na equipe Sanford MMA e já encarou Hooker, aposta todas as fichas que seu colega vai sair vitorioso em seu debute.

“Chandler’ é brabíssimo. Muita gente não o coloca ainda no UFC e fica naquela expectativa porque ele não atuou. Mas acho que ele vai surpreender muita gente. Ele já ganhou de dois ex-campeões do UFC, como o Ben Henderson e o Eddie Alvarez (ambas pelo Bellator). A luta é muito dura, mas dá para o Chandler ganhar e de uma maneira dominante”, opinou o brasileiro, que é o próximo desafiante ao cinturão dos meio-médios (77 kg) e encara o nigeriano Kamaru Usman no dia 13 de fevereiro, no UFC 258.

No MMA profissional desde 2009, Michael Chandler disputou 26 lutas na modalidade, venceu 21 e perdeu outras cinco. Sua última aparição aconteceu em agosto, quando nocauteou Ben Henderson no primeiro round. Após assinar com o UFC, primeiro compromisso do americano com a entidade foi como suplente da disputa de título entre Khabib Nurmagomedov e Justin Gaethje, na edição 254, em outubro de 2020.