<
>

Vivi Araújo promete surpreender Roxanne e brinca: 'Vou preparar um fatality para ela'

play
Brasileiros fazendo história, lendas se aposentando e muito mais: os grandes momentos do UFC em 2020 (2:43)

Movimentado ano ainda teve a criação da Ilha da Luta e muita provocação (2:43)

Com três vitórias em quatro lutas no Ultimate e atualmente na nona posição do ranking do peso-mosca (57 kg), Viviane Araújo agora tem como meta se solidificar na organização e se aproximar do top 5 da divisão. Para isso, a brasileira encara a veterana Roxanne Modafferi nesta quarta-feira (20), pelo ‘UFC Fight Island 8’. De acordo com a lutadora, esse será um teste perfeito para mostrar sua evolução como atleta.

Apesar de ter somente quatro anos a mais que Viviane, Roxanne tem uma trajetória maior que a da brasileira no esporte, com 42 lutas em seu cartel. Exatamente pela história da americana, a lutadora da equipe ‘Cerrado MMA’, em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight, afirmou que mira mostrar sua evolução sobre uma rival experiente na modalidade e adiantou como pretende acabar com o confronto.

“A Roxanne é uma atleta bem experiente, mas tivemos um bom tempo para estudar o jogo dela. Vimos alguma brechas tanto em cima quanto no chão. Esperamos um confronto duro. Ela é muito dura, aguerrida e vai ser uma luta que vou usar a agressividade para frustrá-la, tanto em cima, quanto no chão também. Muita gente não conhece meu chão e estou doida para mostrar. Acho que ela quer levar para o chão e acho que vai se surpreender com o nível do meu chão”, disse a lutadora, emendando.

“Ela costuma grudar na grade, mas estamos preparados para anular o jogo dela e dar um passo a frente. Ela é um pouco mais lenta e sou mais explosiva, tenho como ponto forte a velocidade nos meu golpes e isso vai frustrar ela, vai minar o gás dela”, completou.

Há uma semana para o combate, Roxanne tratou de colocar mais um tempero no duelo contra a brasileira. Através das suas redes sociais, a americana inovou ao fazer um cosplay de Kitana, personagem da franquia ‘Mortal Kombat’ para desafiar a adversária. ‘Vivi’ não perdeu tempo, entrou na brincadeira e fez um alerta a oponente.

“Achei muito engraçado. Ela é uma pessoa muito divertida (risos). Mas cada uma usa as sua armas para entreter a galera. Vou preparar um ‘fatality’ para ela”, brincou.

No MMA profissional desde 2015, ‘Vivi’ Araújo soma nove vitórias e duas derrotas em sua carreira. Pelo Ultimate, onde compete desde maio de 2019, a brasileira alcançou seu terceiro triunfo em quatro apresentações. Seu único revés sofrido no octógono mais famoso do mundo veio diante de Jessica Eye, no UFC 245, em dezembro de 2019.