<
>

Conor McGregor diz que Khabib se aposentou 'por medo de lutar' com irlandês: 'Não é um lutador de verdade'

Conor McGregor nunca foi um homem de meias palavras. O último alvo do irlandês foi Khabib Nurmagomedov.

Em entrevista exclusiva à ESPN, McGregor disse que o russo "se aposentou por ter medo de lutar com ele".

"Acho que ele tem medo de lutar comigo. Isso é certo. E eu não o culpo. Eu lutei com o melhor dele naquela noite, e ele enfrentou o pior de mim naquela noite. Ele sabe que eu sei e time dele também. Eu tenho a resposta para destruir aquele homem. Você só consegue enganar as pessoas por pouco tempo. Sei que ele tem algumas questões familiares e sei que isso é difícil, então eu só desejo tudo de bom", disse.

"Ele não é um lutador de verdade, na minha opinião. Como você pode simplesmente virar as costas para tantas grandes lutas? Você sabe o que eu quero dizer? Tipo, eu acho que o Diaz é do Ferguson, mas são tantas lutas selvagens. O [Charles] Oliveira, tem a revanche contra mim. Eu acho absurdo simplesmente ir embora. Acho que ele fez besteira. Acho que ele mostrou a mão dele, mas, ao mesmo tempo, tem as questões familiares. Tudo de bom para ele", finalizou.

No último sábado, porém, dias depois da entrevista de Conor ser gravada, Dana White revelou que Khabib pensa em retornar "caso alguém faça algo de espetacular no UFC 257", que terá como evento principal McGregor vs Dustin Poirier.

"Ele está confortável com tudo que ganhou. Acho que Do Bronx lutou muito bem na última luta contra Tony Ferguson. No próximo sábado, temos duas grandes lutas. Ele não quer amarrar a divisão, deixar o cinturão parado. Mas as palavras dele para mim foram: ‘Me mostrem algo espetacular e me façam querer voltar a lutar’", disse Dana.

"Sinto que se alguém fizer algo espetacular... e ele já disse que Do Bronx pareceu espetacular. Se esses caras fizerem uma coisa especial, Khabib vai voltar para lutar com eles", completou.

O campeão do peso leve havia se aposentado do MMA após finalizar Justin Gaethje, em outubro de 2020, meses depois da morte de seu pai. Apesar disso, Dana White nunca desistiu de convencer o lutador a retornar.

Aos 32 anos, Khabib ainda está invicto no MMA, com 29 vitórias. Entre suas principais vítimas no UFC estão lutadores como Conor McGregor, Dustin Poirier e Rafael dos Anjos.