<
>

Michael Chiesa cogita atuar como comentarista do UFC e cita suas inspirações

play
Brasileiros fazendo história, lendas se aposentando e muito mais: os grandes momentos do UFC em 2020 (2:43)

Movimentado ano ainda teve a criação da Ilha da Luta e muita provocação (2:43)

Assim como nos demais esportes, o MMA oferece aos seus atletas a oportunidade de atuar fora do palco principal e isso é algo comum nos bastidores do UFC. Não são poucos os exemplos de lutadores que se destacam nas transmissões como comentaristas nas bancadas, e Michael Chiesa, que já trabalha como analista da organização, não esconde o planejamento de ir mais além no setor.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, Chiesa revelou que seu objetivo para o futuro fora do octógono é se tornar comentarista do UFC. Empolgado com seu desenvolvimento como analista, o americano citou que suas inspirações são Daniel Cormier, Dominick Cruz e Paul Felder, uma vez que o trio se consolidou na posição. O vencedor da 15ª edição do TUF reconheceu que tem muito a evoluir na área, mas, ao mesmo tempo, garantiu que dedicação para isso não lhe falta, já que o esporte é a sua vida.

“Quero seguir os passos de Cormier, Cruz e Felder. Adoro ser analista, mas o objetivo final é ser comentarista. Eu apostei tudo neste esporte. Estou totalmente envolvido. Isso é tudo que fiz nos últimos 13 anos, sou muito apaixonado por isso. E eu sei que as pessoas que me contratam para fazer o trabalho de analista conseguem ver minha paixão e sabem que estou ansioso para chegar a este ponto. As palavras exatas foram ‘Você tem que aprender a andar antes de aprender a correr’. Ainda estou aprendendo a ser o melhor analista que posso”, declarou Chiesa.

Michael Chiesa, de 32 anos, vive o seu melhor momento no UFC. ‘Maverick’ venceu as três últimas lutas que disputou diante de nomes conhecidos como Carlos Condit, Diego Sanchez e Rafael dos Anjos. A última aparição do atleta no octógono aconteceu em janeiro de 2020, quando surpreendeu o brasileiro. Atualmente, o americano se encontra na oitava posição no ranking dos meio-médios (77 kg) do UFC.