<
>

Dana White revela desejo de realizar luta entre Zhang e Namajunas na Ásia

play
Brasileiros fazendo história, lendas se aposentando e muito mais: os grandes momentos do UFC em 2020 (2:43)

Movimentado ano ainda teve a criação da Ilha da Luta e muita provocação (2:43)

Sem lutar desde março de 2020, Weili Zhang ainda não se sabe quando vai fazer sua segunda defesa de cinturão do peso-palha (52 kg) no UFC e nem quem será sua rival. Mas no que depender de Dana White, presidente da organização, seus focos estão voltados para acelerar o quanto antes a nova apresentação da atleta chinesa.

Em entrevista à ‘ESPN’ americana, Dana White revelou que a ideia do UFC é realizar o duelo entre Zhang e a ex-campeã Namajunas, que atrairia mais apelo do grande público. Além disso, adiantou que o plano é que a chinesa defenda seu título em um evento na Ásia, aumentando a expectativa de uma nova passagem pela ‘Ilha da Luta’, pois atualmente os países do continentes ainda estão com restrições devido à pandemia de COVID-19.

“Estamos trabalhando nessa luta também. Obviamente, a luta que todos querem ver é ela e Rose. Espero que possamos fazer isso. Do contrário, provavelmente a próxima da fila seria Carla Esparza. Queremos fazer essa luta este ano, e na Ásia”, adiantou.

No MMA profissional desde 2013, Zhang Weili soma 21 vitórias e apenas uma derrota em seu cartel. O revés solitário veio justamente em sua estreia no esporte, diante de Meng Bo, no evento ‘China MMA League’. A sua última apresentação foi uma verdadeira batalha. Em março de 2020, a campeã travou uma guerra diante de Joanna Jedrzejczyk quando, após cinco rounds, venceu por decisão unânime dos jurados e manteve o título.

Por outro lado, Rose Namajunas, que atua no UFC desde 2014, tem sete vitórias e três derrotas no evento. Seu momento mais alto na organização aconteceu em 2017, quando derrotou Joanna Jedrzejczyk e conquistou o cinturão peso-palha. Na luta seguinte, a americana voltou a derrotar a polonesa antes de perder seu título para Jéssica ‘Bate-Estaca’, que a nocauteou em edição que foi realizada no Rio de Janeiro, em 2019.