<
>

Dana prega cautela e indica que estreia de Chandler no UFC pode ser em Abu Dhabi

play
Cormier elege rival para estreia de Jon Jones nos pesados e deixa Ariel Helwani contrariado: 'Você é louco!' (1:33)

Comentarista e apresentador se divertiram durante discussão (1:33)

Quando será a estreia de Michael Chandler no UFC é uma pergunta recorrente nas recentes entrevistas de Dana White, presidente da organização. Contratado em setembro deste ano para integrar o plantel e ser uma das estrelas do peso-leve (70 kg) da franquia, o americano ainda não tem data e nem rival para seu debute.

Em conversa com a imprensa após o UFC Las Vegas 15, que aconteceu no último sábado (28), Dana White pregou cautela e pediu calma para quem está ansioso para ver Chandler em ação. De acordo com o cartola, é preciso dar um tempo a mais ao americano, pois como foi reserva do duelo entre Khabib Nurmagomedov e Justin Gaethje, em outubro deste ano, teve todo o processo de corte de peso e ainda não se recuperou totalmente.

“O problema com Michael Chandler agora é que ele se preparou para aquela luta e ele cortou peso, então ele não pode voltar tão rápido quanto esses outros caras podem agora. Não podemos fazer isso com ele. Então, sem pressa, tome seu tempo, se prepare adequadamente. Vamos conseguir algo para ele em breve”, disse, emendando.

“Quando voltarmos para Abu Dhabi vai ter muita luta grande por lá, então ele vai fazer parte de alguma coisa”, completou o dirigente, sem dar mais detalhes.

Existe a expectativa do Ultimate retornar para a ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU) no início de 2021. A ideia seria que o UFC 257, que tem Dustin Poirier e Conor McGregor, já acontecesse no local, mas nada foi confirmado pela franquia.

Aos 34 anos, Michael Chandler chega ao UFC com o cartel de 21 vitórias e cinco derrotas. O americano, que compete no MMA profissional desde 2009, construiu grande parte de sua carreira no Bellator, onde foi campeão dos pesos-leves em três oportunidades, além de conquistar a quarta temporada do torneio da categoria, em 2011.