<
>

UFC: árbitro se revolta com luta entre lutadora e blogueiro de 240 kg: 'Vergonhoso. Nojento. Absurdo'

Para muitos, o MMA é o esporte que mais cresce no mundo e sua rápida evolução o faz ganhar cada vez mais popularidade ao redor do mundo. No entanto, há quem critique a violência dos combates, apesar das regras que regulam o esporte, e se apegam em qualquer acontecimento ruim para marginalizar a modalidade – como pôde ser visto com a repercussão de um show realizado na Rússia.

No mesmo sábado (28) que os fãs puderam assistir ao UFC Vegas 15 e também a superluta de boxe envolvendo as lendas Mike Tyson e Roy Jones Jr, a organização ‘Our Business’ (Nossos Negócios) decidiu colocar um homem contra uma mulher no ringue. Se a ideia já era estranha, ficou ainda mais quando a lutadora profissional Darina Madzyuk, de 63 kg, enfrentou o blogueiro russo Grigory Chistyakov, de 240 kg.

Não se sabe qual foi o intuito da companhia ao promover o combate, mas Marc Goddard não gostou nada do que viu. Através de suas redes sociais (clique aqui ou veja abaixo), o árbitro de MMA fez duras críticas e afirmou que o “entretenimento” serviu de munição para os haters continuarem a diminuir o esporte.

“É com isso que estamos lidando em 2020. É contra isso que lutamos, à medida que paralelos e conotações negativas são continuamente traçados. Para pessoas de fora (do esporte) e detratores, isso é MMA. Vergonhoso. Nojento. Absurdo”, escreveu.