<
>

Boxe: Mike Tyson 'chama' Evander Holyfield para conversa em tentativa de marcar revanche histórica

play
Mike Tyson encontra fãs e brinca com 'socos' e 'mordida' na orelha (0:06)

Lutador se divertiu em vídeo com fã que viralizou nas redes sociais (0:06)

Após dar um show e chocar o mundo com uma excelente perfomance na luta de exibição contra Roy Jones Jr., no último final de semana, Mike Tyson já está pronto para seu próximo desafio.

O lendário boxeador se disse interessado em realizar uma revanche contra Evander Holyfield, seu grande nêmesis na reta final da carreira profissional, e torce para que o amigo tope.

"Talvez o Evander precise fazer diretamente comigo, porque toda vez que meu estafe tenta falar com o estafe dele, as coisas não terminam bem", contou Tyson.

"Então, não sei (se a luta irá acontecer). Se eles assistiram ao que fizemos hoje, se os caras (que trabalham com Holyfield) de fato se preocupam com o bem-estar de Evander, então eles tem que marcar essa luta para o Evander", pediu.

"Talvez um dia a gente faça outra (luta), mas, no momento, quem está cuidando ele está totalmente errado", complementou.

De toda forma, mesmo que não haja luta contra Holyfield, "Iron Mike" se disse pronto para qualquer tipo de desafio.

"Qualquer coisa é possível. O céu é o limite!", bradou.

"Eu acredito que batemos todos os recordes de pay-per-view do mundo do boxe (na luta de exibição contra Roy Jones). Nós chutamos os traseiros de todo mundo. E só quero continuar fazendo isso do ponto de vista humanitário", finalizou Tyson, lembrando que a renda da luta foi doada para caridade.

Mike Tyson e Evander Holyfield lutaram duas vezes como profissionais, em combates lendários que são lembrados até hoje.

A primeira foi em 7 de setembro de 1996, quando "Iron Mike" vinha de 45 vitórias em 46 lutas na carreira. No entanto, Holyfield foi superior, venceu por nocaute técnico no 11º assalto e ficou com o cinturão dos pesados da WBA (Associação Mundial de Boxe).

Meses depois, em 28 de junho de 1997, veio a revanche, que terminou de forma triste. Com Holyfield mais uma vez dominando o ringue, Tyson foi desclassificado após morder e arrancar um pedaço da orelha do rival, em um episódio deplorável.

Daí em diante, a carreira de "Iron Mike" entrou em reta descendente, com o boxeador se aposentando em 2005, após derrota para Kevin McBride.