<
>

Vitor Belfort desafia Anderson Silva para revanche: 'Está vivendo daquele chute'

Após anunciar sua liberação do contrato com o UFC, Anderson Silva viu o seu futuro se tornar cada vez mais incerto ao ser rejeitado pelo Bellator, PFL, ONE Championship e Bare Knuckle FC. No entanto, apesar da dificuldade do brasileiro em encontrar uma nova organização para atuar, ele não parece enfrentar o mesmo problema para conseguir um adversário.

Depois do veterano do boxe Roy Jones Jr. demonstrar interesse em um possível confronto com ‘Spider’ no futuro, foi a vez de Vitor Belfort desafiar o antigo rival.

Em entrevista ao site ‘TMZ Sports’, o ex-campeão meio-pesado (93 kg) listou grandes nomes com os quais ele gostaria de lutar. Entre eles, estava o de Anderson Silva. Em 2011, os brasileiros fizeram um duelo valendo o cinturão do peso-médio (84 kg), que chegou a ser denominado como a ‘Luta do Século’ por conta da importância dos atletas na época.

Na ocasião, ‘Spider’ levou a melhor com um chute frontal e manteve seu título. Mais de nove anos após esse duelo, Vitor Belfort ainda pensa em ter uma revanche.

“Eu soube que Anderson Silva foi liberado (do UFC). Anderson ainda está vivendo daquele chute, então vamos lá, quando ele puder lutar”, declarou o ‘Fenômeno’, antes de relembrar outro capítulo de sua carreira e desafiar mais um ex-rival.

“Eu quero Chael Sonnen, quero muito calar a boca dele. Nós deveríamos ter lutado uma vez, mas ele foi pego no teste em esteróides. Estou bem com isso, você pode usar o que quiser, Sonnen, que eu vou acabar com você. A mãe do Chael vai torcer por mim, a família dele gosta do Vitor Belfort. Nem a família do Chael gosta dele”, continuou.

Estes não são os únicos nomes na mira de Vitor Belfort. De acordo com o brasileiro, está na hora de realizar uma competição híbrida entre o boxe e o MMA e, pensando nisso, ele aproveitou para listar pugilistas com os quais ele gostaria de lutar nesse tipo de evento, como Roy Jones Jr, Lennox Lewis, Evander Holyfield e Wladimir Klitschko.

No MMA profissional desde 1996, Vitor Belfort acumula 26 vitórias, 14 derrotas e um ‘No Contest’ (luta sem resultado) em seu cartel. O carioca de 43 anos não se apresenta desde maio de 2018, quando foi nocauteado por Lyoto Machida, em duelo que marcou sua última luta pelo Ultimate. O atleta assinou contrato com o ONE Championship há quase dois anos mas ainda não estreou pela organização.