<
>

Evento de retorno de Mike Tyson começa com luta incrível, atropelo e nocaute avassalador de promessa 'real'

play
Veja como foi o retorno de Mike Tyson aos ringues: atropelo nas estatísticas e empate decepcionante (1:04)

Mike Tyson acertou mais golpes (67 a 37), mas jurados decretaram um empate com Roy Jones Jr (1:04)

Se Mike Tyson e Roy Jones Jr. vão fazer “apenas” uma luta de exibição, o evento em que eles se enfrentam começou com “lutas de verdade” e belíssimos momentos nos primeiros três combates da noite, com os boxeadores aproveitando bem os holofotes para se apresentarem ao mundo.

Quem abriu as ações com a mão sendo levantada foi Edward Vasquez.

Em uma luta incrível, ele até começou sendo balançado logo no início da luta por Irwin Gonzalez, mas mostrou muita resiliência para ficar em pé. Depois, melhorou no combate e chegou a ir com tudo para cima no assalto final, em busca da vitória.

A blitz pareceu impressionar os jurados, que deram vitória a ele em uma decisão dividida: 77-75, 75-77 e 77-75.

Em seguida, Jamaine Ortiz serviu o momento mais brutal da noite. Ele controlou muito bem a luta até conseguir um nocaute avassalador no minuto final do sétimo round.

Primeiro, acertou o corpo de Sulaiman Segawa e fez o rival ir a knockdown. Ele até se levantou, mas pouco depois ficou preso contra as cordas, tomou uma sequência enorme de socos e viu o juiz interromper o duelo para declarar o nocaute.

Já Badou Jack não tomou muito conhecimento de Blake McKernan. Abrindo o card principal, ele superou o rival em todos os rounds e foi declarado o vencedor em uma incontestável decisão unânime: 80-72 na visão dos três jurados.