<
>

UFC: Weidman confirma contrato assinado e festeja chance de encarar novamente Hall

play
Dana White garante estar 'levando a sério' chance de Glover lutar por título: 'Não vou mais duvidar dele' (0:43)

Glover disse depois em entrevista coletiva que de qualquer jeito gostaria de esperar para disputar o título e não ter que fazer mais nenhuma luta antes disso: "Com certeza eu mereço uma chance pelo cinturão" (0:43)

Após encerrar uma sequência negativa de duas derrotas no UFC e derrotar Omari Akhmedov, em agosto deste ano, Chris Weidman agora terá um novo desafio pela frente. O ex-campeão do peso-médio (84 kg) do Ultimate vai ter a oportunidade de encarar novamente Uriah Hall, no dia 13 de fevereiro, pela edição número 258 do show. Em 2010, os dois fizeram um combate pelo Rings of Combat, com triunfo do ‘All American’.

Através das suas redes sociais (clique aqui e aqui ou veja abaixo), Weidman confirmou a assinatura de contrato para o combate e comemorou a chance de fazer um novo duelo diante de Hall, agora com os dois atletas em diferentes fases na carreira. Na ocasião do primeiro embate, o ex-campeão do UFC só tinha duas lutas na carreira profissional no MMA, enquanto o jamaicano quatro e ambos os lutadores ainda estavam invictos.

“Contrato assinado e entregue! No dia 13 de fevereiro vou lutar contra o Uriah Hall, mais uma vez. Lutamos há mais de dez anos no Ring Of Combat com os dois com suas carreiras invictas, na época. Agora estamos fazendo isso de novo dez anos depois, no maior palco do mundo: UFC. Nossas carreiras seguiram rumos diferentes, mas nossos caminhos se cruzaram novamente. Sempre achei que um dia voltaríamos a lutar. Muito animado para isso”, escreveu o lutador que defende a bandeira do UFC desde 2011.

Weidman sagrou-se campeão do UFC em 2013, quando nocauteou o até então invencível no UFC, Anderson Silva. O americano ainda manteve o título em três defesas seguidas – em revanche contra ‘Spider’ e lutas contra Lyoto Machida e Vitor Belfort – mas depois viu sua boa fase se encerrar. Em 2015, ele perdeu o título para Luke Rockhold e, após esse duelo, venceu Kelvin Gastelum e acumulou reveses para Yoel Romero, Gegard Mousasi, Ronaldo ‘Jacaré’ e Dominick Reyes, até se recuperar e bater Omari Akhmedov.

No MMA profissional desde 2005, Uriah Hall vive seu melhor momento no Ultimate. Após estrear em 2013 na organização, o jamaicano agora engatou uma sequência de três vitórias seguidas, sobre Bevon Lewis, Antônio ‘Cara de Sapato’ e Anderson Silva, esta última no dia 31 de outubro. Na sua carreira, o atleta possui 16 triunfos e nove reveses.