<
>

UFC: Jennifer Maia, Ariane Lipski e mais sete atletas recebem gancho médico de 180 dias

Realizado no último sábado (21), o UFC 255 foi um evento de grande destaque, com duas disputas de cinturão em suas lutas principais e recheado de brasileiros em seu card. Dos quatro representantes do país presentes no show, duas receberam seis meses de suspensão médica: Jennifer Maia e Ariane Lipski. Além das brasileiras, outros sete atletas também podem encarar o maior gancho.

Dentre os atletas que podem ser afastados por 180 dias está Alex Perez, um dos protagonistas do show. Na luta principal da noite, o brasileiro Deiveson Figueiredo defendeu o cinturão dos pesos moscas (57 kg) com sucesso ao finalizar o americano no primeiro round. Caso queira retornar ao octógono antes de maio de 2021, Perez terá de realizar um raio-x em sua mão direita e ser liberado por um ortopedista.

Na co-luta principal do evento, em disputa válida pela mesma categoria, só que feminina, a brasileira Jennifer Maia tentou destronar a campeã Valentina Shevchenko mas acabou derrotada por decisão unânime dos jurados. Devido à uma fratura no nariz, a curitibana terá de ser liberada por um médico caso não queira cumprir o gancho de seis meses de suspensão.

Outra brasileira presente no card, Ariane Lipski também viu a derrota vir das mãos da família Shevchenko. Ao ser nocauteada por Antonina Shevchenko, irmã mais velha da campeã da categoria peso mosca, a paranaense teve um osso da face fraturado e também precisará passar por avaliação médica a fim de retornar antes do tempo previsto.

Maurício ‘Shogun’ foi o brasileiro que recebeu o menos gancho após ser derrotado. Na primeira luta do card principal, o meio-pesado (93 kg) foi nocauteado por Paul Craig e recebeu apenas 45 dias de afastamento.

Os outros atletas que também receberam o maior gancho foram: Cynthia Calvillo, Brandon Royval, Joaquin Buckley, Nicolas Dalby e Alan Jouban. Todos precisam passar por exames detalhados e pelo crivo de médicos especialistas para estarem aptos a retornar aos octógonos antes de maio de 2021. As informações sobre os ganchos médicos do UFC 255 foram divulgadas pelo site ‘MixedMartialArts.com’.

Lista completa das suspensões médicas:

Alex Perez: Precisa de raio-x e liberação da mão direita, caso contrário, suspenso por 180 dias.

Jennifer Maia: Precisa de liberação da fratura nasal, caso contrário, suspensa por 180 dias. Suspensa por no mínimo 45 dias com 30 dias sem contato.

Tim Means: Suspenso por 30 dias com 21 dias sem contato devido a uma lesão no joelho direito.

Mike Perry: Suspenso por 45 dias com 30 dias sem contato devido a contusões.

Cynthia Calvillo: Precisa de liberação do ombro direito com ressonância magnética, caso contrário, suspensa por 180 dias. Suspensa mínimo 30 dias com 21 dias sem contato.

Maurício ‘Shogun’: Suspenso 45 dias com 30 dias sem contato.

Brandon Royval: Precisa de liberação do ombro direito com ressonância magnética, caso contrário, suspenso por 180 dias. Suspenso por no mínimo 30 dias com 21 dias sem contato.

Joaquin Buckley: Precisa de liberação do ombro direito com raio-x, caso contrário, suspenso por 180 dias.

Jordan Wright: Suspenso por 45 dias com 30 dias sem contato.

Ariane Lipski: Precisa de liberação de fratura orbital, caso contrário, suspensa por 180 dias. Suspensa por no mínimo 45 dias com 30 dias sem contato.

Nicolas Dalby: Precisa de liberação do pé direito e cotovelo direito com raios-X, caso contrário, suspenso por 180 dias. Suspenso por no mínimo 30 dias com 21 dias sem contato.

Daniel Rodriguez: Precisa de liberação da mão direita com raio-x, caso contrário, suspenso por 180 dias. Suspenso por no mínimo 30 dias com 21 dias sem contato.

Alan Jouban: Precisa de liberação de fratura do osso nasal, caso contrário, suspenso por 180 dias. Suspenso por no mínimo 45 dias com 30 dias sem contato.

Jared Gooden: Suspenso por 45 dias com 30 dias sem contato.

Dustin Stoltzfus: Suspenso por 45 dias com 30 dias sem contato.

Sasha Palatnikov: Suspenso por 45 dias com 30 dias sem contato devido a cortes.

Louis Cosce: Suspenso por 45 dias com 30 dias sem contato.