<
>

'Karate Kombat': Bruno de Assis vence primeira luta entre brasileiros na história do evento

No último domingo (22), o evento ‘Karate Combat’ realizou a sua nona edição da temporada de 2020 e teve a participação brasileira como destaque: dos quatro lutadores em ação do card, três eram representantes do País. Além disso, pela primeira vez na história da organização foi promovido um duelo entre dois brasileiros, o qual foi vencido pelo paulista Bruno de Assis, que superou o baiano Teeik Silva.

Válida pela categoria até 69 kg, a luta principal do evento foi equilibrada tecnicamente, mas apesar da maior agressividade e velocidade de Teeik, Bruno conseguiu impor vantagem com boas quedas e garantiu a vitória por decisão unânime dos jurados. O paulista manteve o seu cartel invicto, agora com três resultados positivos. Por sua vez, o baiano acumula um triunfo e dois reveses em sua trajetória na organização.

“Meu adversário era experiente e muito difícil de ser atingido. Ele veio para cima desde o início e precisei mudar minha estratégia logo no começo. Mas estava preparado para tudo e consegui mais um excelente resultado”, afirmou Assis em comunicado enviado à imprensa.

No outro confronto da noite, válido pela categoria até 64 kg, Ana Luiza começou de forma cautelosa devido à maior envergadura de Melinda Fabian, que lhe aplicou chutes na perna e diretos precisos. Já no segundo assalto, a potiguar mudou de estratégia e atacou de forma mais agressiva, combinando sequências de cruzados e diretos, mas não foi o suficiente para garantir a vitória. A húngara continuou com os chutes, quedas e ataques no solo – o ‘ground and pound’ é válido por cinco segundos nas regras do ‘Karate Combat’ – e garantiu o triunfo por decisão unânime dos juízes.

Ex-atleta da Seleção Brasileira de karatê, Ana Luiza acumula uma vitória e duas derrotas em seu cartel. Por sua vez, Melinda Fabian realizou a sua estreia na organização diante da brasileira e, portanto, acumula um resultado positivo.