<
>

Americano deixa rival com cabeça roxa e 'quase explodindo' em finalização perfeita no LFA

play
Jennifer Maia relembra início de carreira e trajetória gloriosa no Invicta (1:12)

Campeã do mosca no Invicta, brasileira tenta o cinturão do UFC neste sábado (21) (1:12)

O americano Victor Altamirano, 29, teve uma exibição impressionante diante do compatriota Lloyd McKinney, 33, na madrugada deste sábado (21), pela LFA 95. Com uma sequência de golpes rápidos e a aplicação de um estrangulamento com as pernas, ele deixou a cabeça do rival “roxa” e venceu o combate, em Park City, no Kansas.

O combate entre os pesos mosca foi encerrado no segundo round, após 1min57 de duração, por submissão. A imagem de McKinney com a cabeça “roxa” surpreendeu até o juiz. Mas o lutador não chegou a desmaiar.

Altamirano tem um histórico de poucas lutas, mas acumula oito vitórias e apenas uma derrota no MMA. Neste ano, fez apenas a segunda apresentação e contra um rival bem mais experiente. McKinney soma 21 aparições, com 14 triunfos e sete reveses.

A luta entre eles fez parte da LFA 95, cujo card principal foi o duelo entre Alex Pereira e o americano Thomas Powell. Este foi derrotado no minuto final do primeiro round, com uma especialidade do brasileiro.

Pereira acertou um cruzado de esquerda em cheio no queixo do rival, que caiu apagado com a cara no chão e ficou cerca de 10 minutos sem se mexer. Aos poucos, ele acordou sem saber o estava acontecendo. Precisou ser carregado para fora do ringue.