<
>

Wanderlei Silva revela que Tyson receberá R$ 280 milhões em retorno aos ringues

play
Ariel Helwani conta 'história esquecida' de Rafael dos Anjos x Conor McGregor no UFC e diz: 'Gostaria que acontecesse' (1:00)

Brasileiro venceu Paul Felder no último sábado e pediu luta contra o irlandês falastrão (1:00)

Na última segunda-feira (16), Wanderlei Silva e Fabrício Werdum participaram do ‘Flow Podcast’, em São Paulo, e abordaram diversos assuntos que envolveram o mundo das lutas. Dentre eles, os veteranos comentaram a participação do treinador Rafael Cordeiro no camp de Mike Tyson – além de deixarem escapar a valor da bolsa estimada para o boxeador.

Escalado para encarar Roy Jones Jr no dia 28 de novembro, em Los Angeles (EUA), Tyson, de acordo com Wanderlei, receberá a quantia de 50 milhões de dólares (cerca de R$ 280 milhões). A disputa marca o retorno do ex-campeão mundial dos pesos-pesados aos ringues, aos 54 anos.

“Ele vai lutar agora no dia 28 de novembro. Nosso mestre Rafael Cordeiro, imagina só, um brasileiro está treinando o cara. É o Mike Tyson. Quem poderia treinar o Tyson? Qualquer um que ele quiser”, narrou Werdum, interrompido por Wanderlei para indicar a suposta bolsa do pugilista.

De acordo com Werdum, que recentemente assinou contrato com o evento ‘PFL’, a sintonia entre o treinador brasileiro e a lenda do boxe está em alta. E, ao que parece, Tyson aprovou a dedicação e empenho do novo mestre.

“Quando o mestre foi comigo para minha última luta, em Abu Dhabi (EAU), ele deixou tudo armado para Tyson treinar, deixou um responsável. Mas o Tyson falou: ‘Vou bater meu saco aqui, fazer meu treino. Mas manopla mesmo é só contigo’”, finalizou.