<
>

Myke Tyson revela 'segredo' para conseguir entrar em forma e diz o que motivou retorno ao boxe

O retorno de Mike Tyson aos ringues foi uma notícia que pegou a todos de surpresa no ano de 2020. E, em entrevista ao quarterback do Seattle Seahawks, Russell Wilson, o ex-campeão mundial de boxe revelou que sua motivação para o retorno foi uma perda rápida de peso em cinco meses.

"Eu comecei a entrar em forma, não para uma luta, mas porque quando comecei eu pesava 141 quilos. Eu não sabia por onde começar, então minha esposa falou: ‘Corra na esteira por 15 minutos’. Então eu comecei a fazer esteira por 15 minutos, e esses 15 minutos acabaram virando duas horas. E continuei fazendo e fazendo. Comecei a me sentir bem e ficar em forma", disse.

"Então o meu cunhado chegou e falou: ‘Mike, eu sei que você não quer fazer isso, mas você lutaria com um cara por uma quantidade x de dinheiro?’. E eu falei: ‘Cara, saia daqui, eu não vou fazer isso!’, mas veio como um estalo na minha cabeça: ‘O que você diz com lutar? Ele lutaria boxe comigo?’. Ele ligou para o cara e me respondeu: ‘Ele lutaria boxe com você’. Então, eu falei: ‘Eu luto", completou.

Depois de quatro adversários, Mike Tyson chegou a Roy Jones Jr, que será seu desafiante no próximo dia 28 de novembro, em Carson, Los Angeles. E, inicialmente, a ideia do boxeador era algo simples, mas virou algo um pouco diferente.

"Quando o meu cunhado me propôs isso eu estava completamente de ego inflado porque eu tinha perdido todo esse peso. E então eu pensei: ‘Ei, eu posso boxear com alguém!’. Então passou por vários adversários até chegar a Roy Jones", afirmou.

"E foi algo tipo: ‘Uau, eu tinha proposto algo em quatro rounds, agora eu tenho oito, como isso aconteceu?’. Agora eu tenho um cinturão envolvido, três juizes, virou uma grande exibição. Eu não sei o que aconteceu com a minha vida", brincou.