<
>

Patrick Teixeira corre contra o tempo para não perder título mundial; entenda

play
Cormier quer brasileiro disputando cinturão meio-pesado no UFC: 'Espero que o Glover Teixeira seja o próximo a lutar pelo título' (1:37)

Apesar do desejo, ex-campeão do Ultimate acredita que será difícil desfazer luta entre Adesanya e Blachowicz no meio-pesado (1:37)

Nesta quinta-feira (12), foi realizado o leilão para definir qual empresa poderia promover o confronto entre Patrick Teixeira e o argentino Brian Castaño, válido pelo título super-meio-médio (69,8 kg) da Organização Mundial de Boxe (WBO).

A Golden Boy, agenciadora do brasileiro e responsável original pelo duelo, venceu a disputa pela quantia de U$ 427 mil (cerca de R$ 2,3 milhões) e estabeleceu o dia 6 de fevereiro de 2021 como a data para o evento. Agora, a missão do catarinense é conseguir o visto americano a tempo, pois, caso contrário, seu posto de campeão mundial fica ameaçado.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight, Patrick Nascimento – agente do pugilista brasileiro – explicou que, caso o campeão não consiga resolver a situação do visto em 86 dias, período que o separa da data do confronto, ele perderá o título. De acordo com o manager, a equipe do atleta propôs à WBO que fosse realizada uma disputa de título interino para Castaño, mas a ideia foi negada pela entidade.

“Nós sugerimos para a Organização que fizesse o título interino para o Brian Castaño e não tirasse o título do Patrick, até porque não é algo que é culpa nossa, e sim culpa da pandemia, da situação. Não é algo que a gente pode resolver. Caso o Patrick não consiga tirar o visto e não possa lutar, eles querem tirar o título do Patrick, deixar ele como número um do mundo, mandatório e deixar o Castaño que é o número um lutar contra o número dois. E quem ganhar lutaria com o Patrick”, destacou o agente.

Normalmente, cada cidadão tem direito a apenas um pedido de emergência por ano para retirar o visto, e Patrick Teixeira realizou o seu em junho passado. Após isso, uma nova solicitação só pode ser realizada quando o consulado americano reabrir, o que provavelmente só ocorrerá em 2021. No entanto, apesar do difícil momento, Nascimento afirmou que os advogados da Golden Boy foram acionados e destacou seu otimismo com a possibilidade do campeão lutar em fevereiro.