<
>

UFC 255: Mike Perry revela saída de Lawler do card e desafia Chimaev

Robbie Lawler está fora do duelo contra Mike Perry devido à uma lesão. O confronto estava marcado para o dia 21 de novembro, no UFC 255, em Las Vegas (EUA). A informação foi revelada pelo próprio adversário do ex-campeão do peso-meio-médio (77 kg) do Ultimate, que, na esperança de se manter no card, aproveitou para desafiar Khamzat Chimaev.

Por meio de sua conta no ‘Twitter’, Perry anunciou que Robbie teve de sair da luta devido a uma lesão, mas não deu mais detalhes. Em seguida, o atleta revelou que pediu para que seu antigo oponente fosse substituído por Khamzat Chimaev, que vive um bom momento na organização. O atleta ainda completou, dizendo que a luta poderia ser realizada no peso-médio (84 kg).

“Então, Robbie Lawler saiu do card devido à uma lesão. Procurando um substituto, eu pedi para lutar com Khamzat Chimaev e nós podemos fazer isso nos pesos-médios”, declarou Perry.

Escalado para enfrentar Leon Edwards, em confronto que deve ocorrer no dia 19 de dezembro, Khamzat Chimaev é a nova sensação do Ultimate. O sueco venceu seus três primeiros compromissos na organização com um intervalo de um pouco mais de dois meses, sempre de forma soberana, com nocaute ou finalização. O último triunfo veio ao nocautear Gerald Meerschaert aos 17 segundos de luta com apenas um golpe, no UFC Las Vegas 11, que aconteceu no dia 19 de setembro.

Por sua vez, Mike Perry possui 20 combates disputados em sua carreira no MMA profissional, somando 14 vitórias, sendo 11 por nocaute, e seis derrotas. O americano foi afastado pelo Ultimate das competições para completar um tratamento de controle do uso abusivo do álcool. Sua última apresentação foi em junho deste ano, quando triunfou sobre Mickey Gall.

O UFC 255 terá em suas lutas principais duas disputas de título. Coroado como novo campeão peso-mosca (57 kg) em julho deste ano, Deiveson Figueiredo faz sua primeira defesa de cinturão diante de Alex Perez, que entrou para substituir Cody Garbrandt, que lesionou o bíceps. Pela divisão até 57 kg feminina, Valentina Shevchenko terá a brasileira Jennifer Maia como desafiante ao seu trono.