<
>

Empresário evita desculpas, mas revela que Borrachinha teve problemas para dormir antes de luta com Adesanya

play
Borrachinha se irrita, vê desrespeito de Adesanya após nocaute e pede revanche: 'Vou arrancar a cabeça desse palhaço' (0:59)

Brasileiro detonou atitude do rival após vencer a luta no último sábado, pelo UFC 253 (0:59)

No último sábado, Paulo Borrachinha enfrentou Israel Adesanya e a luta surpreendeu muita gente.

Nem tanto pelo resultado, mas pela postura do brasileiro, que não foi agressivo como normalmente é, aceitou o domínio do nigeriano e foi derrotado com facilidade.

Nesta segunda-feira, o empresário de Borrachinha, Wallid Ismail, explicou o ocorrido, mas "não quis dar desculpas".

"Não lutou o que era para lutar. Não é para dar desculpa, mas ele falou que não tinha dormido. Pediu para não falar para ninguém, mas ele falou 'pô, eu vou nocautear esse Adesanya e contar tudo que aconteceu nessa viagem'. Ele tá revoltado, realmente quer lutar com o cara de qualquer maneira porque não era ele ali", disse em entrevista ao Canal Encarada, no YouTube.

"Adesanya teve o mérito dele, de ficar chutando, marcando a perna, mas não era ele. Ele tá realmente chateado, revoltado. Tá revisando todo canto, com todos os treinadores, já tivemos várias reuniões. Ele realmente não foi bem. Ele não quer dar desculpa porque não foi bem, mas não dormiu nada", finalizou.