<
>

UFC: Hooker se oferece para dar as boas-vindas a Chandler: 'Enviar de volta para a liga B'

Ex-campeão peso leve (70 kg) do Bellator, Michael Chandler foi contratado recentemente pelo Ultimate e prontamente escalado como reserva da luta principal do UFC 254, que terá Khabib Nurmagomedov e Justin Gaethje duelando pelo cinturão da divisão até 70 kg da liga.

A imediata confiança depositada pela organização sobre a nova estrela do seu plantel chamou a atenção do neozelandês Dan Hooker, que parece disposto a impedir uma possível rápida ascensão do novo colega de companhia.

Ao Submission Radio, Hooker se colocou a disposição para dar as boas vindas ao novo rival de categoria em sua primeira luta pelo Ultimate. O neozelandês, atual quarto colocado no ranking peso-leve da entidade, ainda prometeu mostrar a Chandler a diferença de nível entre os atletas do Bellator e do UFC, e mandá-lo de volta ao evento do qual foi campeão em três oportunidades.

“É difícil saber saber o quanto o UFC está apostando em alguém que está vindo de outra organização. Mas para ele ter assinado com a organização agora e ser o suplente para a disputa de título, agora eu sei. Agora eu estou certo de quanto valor (eles estão dando a ele). O UFC está apostando alto nesse garoto. Então, eu adoraria ser o cara a lhe dar as boas vindas ao UFC, arrancar seu queixo fora com uma joelhada e o enviar de volta para a liga B”, declarou Hooker, antes de completar.

“Ele é bom, ele é um lutador de qualidade. Isso não é um golpe em suas habilidades, mas eu sinto que nós somos de calibres diferentes. Ele vai ser apresentado a um lutador de um nível diferente. Então, sim, apenas me deixe recepcionar o garoto. Você quer trazê-lo? Eu sou um lutador top 5, e estou levantando minha mão para dizer que vou dar a ele uma oportunidade e vou lhe dar as boas vindas ao UFC”, reiterou.

Após engatar uma sequência positiva de três triunfos, Dan Hooker viu sua ascensão na divisão ser interrompida por Dustin Poirier, que o superou em batalha disputada no último mês de junho. Ainda assim, o neozelandês mantém sua posição dentro do top 5 no ranking dos pesos-leves. Já Michael Chandler venceu seus dois últimos combates realizados como atleta do Bellator, se recuperando de derrota sofrida para o brasileiro Patrício Pitbull, que lhe fez perder o cinturão da liga.