<
>

UFC Verdadeiro ou Falso: Adesanya será mais agressivo por causa das críticas? Borrachinha tem que nocautear para vencer?

No próximo sábado (26), o UFC 253 colocará frente a frente Israel Adesanya e Paulo Borrachinha em uma das lutas mais esperadas dos últimos anos, valendo o cinturão do peso médio.

Antecipando a luta, nossos especialistas deram suas opiniões em duas questões de verdadeiro ou falso sobre o tão antecipado combate.

Adesanya será mais agressivo diante de Borrachinha por causa das críticas que sofreu por causa de uma luta "chata" diante de Yoel Romero? Se o brasileiro não nocautear rápido, não consegue tomar o cinturão? Vamos às respostas!

Verdadeiro ou falso: Adesanya será mais agressivo por causa das críticas

Raimondi: Eu não vejo isso. Costa será o agressor, como todas suas lutas passadas indicam. Aumentando o ritmo, diminuindo a distância e punindo Adesanya em distâncias curtas é o melhor caminho de vitória para Borrachinha. Adesanya, que tem a vantagem do alcance e é bastante perigoso com seus golpes quando mantém a distância, terá que acalmar a tempestade - não ser agressivo.

Adesanya mesmo falou. Ele não espera ter que fazer a luta porque Costa fará por ele. Mesmo que esse não seja o caso, não vejo a luta com Romero mexendo com a cabeça de Israel. Ele é disciplinado e tático, sem contar que um excelente contra golpeador. Seu passado é no alto nível do kickboxing. Ele venceu lutou contra os melhores do mundo e foi competitivo com eles - até vencendo alguns. Uma coisa que seus adversários - no MMA e no kickboxing - sempre mencionam é a paciência e capacidade de adaptação de Adesanya. É improvável que ele abandone isso tudo apenas porque fãs vaiaram sua luta com Romero, que foi um duelo muito único em termos de estilo.

Outra coisa que Adesanya é muito bom é controle de riscos. Ele se arrisca em lutas, mas normalmente em uma maneira que protege ele mesmo de um contra-ataque ou terminar em uma posição ruim. Adesanya provavelmente será mais agressivo diante de Borrachinha. Não porque tem algo a provar, mas porque Romero, um medalhista olímpico de prata no wrestling, era uma ameaça constante para levá-lo ao chão. Costa, apesar de se garantir no chão, não está perto desse nível. Provavelmente será uma batalha em pé.

Verdadeiro ou falso: se Borrachinha não nocautear Israel Adesanya no começo da luta, o campeão vai manter o título dos médios do UFC

Jeff Wagenheim: Paulo Borrachinha luta como se estivesse atrasado para um compromisso.

Antes de lutar os três rounds com Yoel Romero há um ano, Costa havia finalizado seus primeiros 12 oponentes, todos antes do fim do segundo round. Seus primeiros nove adversários caíram no primeiro round. Então, sim, se Borrachinha vai vencer essa luta, é provável que ele o faça no começo.

Se a luta chegar aos rounds quatro e cinco, estará tudo acabado para Borrachinha? Não necessariamente. Não sabemos como ele se sairia em uma luta de cinco rounds porque nunca o vimos em uma luta que durasse tanto. Minha impressão é que Borrachinha é o tipo de cara que pode atacar você o dia todo, nem um pouco desmoralizado pelos erros, porque ele sabe que para ele, um soco basta.

Por isso, Adesanya não pode se contentar em se esquivar do brasileiro no sábado. Ele precisa fazer Costa pagar por cada golpe errado. Adesanya é mestre na arte de contra-atacar, e ele precisa que essas habilidades estejam afiadas no sábado. Se o campeão acertar contra-ataques fortes o suficiente para enfraquecer ou cansar Costa depois de alguns rounds, Adesanya estará no controle pelo resto da luta.