<
>

UFC: Durinho diz não ter sido impressionado por Covington em vitória sobre Woodley: 'Baixei o mapa pra ele'

play
No UFC, Sarah Alpar apanha de todos os jeitos, toma 'banho de sangue' e sai com o rosto desfigurado (0:43)

Jessica Rose-Clark puniu a rival e conseguiu o nocaute no fim do 3º round (0:43)

A expectativa por uma luta da rivalidade de extremo opostos era alta, mas a realidade no octógono foi outra. Em um combate monótono, Colby Covington venceu o ex-campeão dos meio-médios Tyron Woodley por nocaute técnico no quinto round neste sábado, no UFC Las Vegas 11.

Gilbert "Durinho" Burns, que irá enfrentar Kamaru Usman pelo cinturão da categoria em breve, não foi muito fã do combate prncipal do evento deste sábado.

"Não fiquei impressionado", postou Durinho, em seu Twitter.

"Eu derrubei ele (Woodley) duas vezes, mais duas quedas e meu corte foi maior. Eu baixei o mapa pra ele, vamos lá", completou.

A luta terminou de forma estranha, com Woodley gritando de dor e pedindo o fim do combate quando ambos estavam no chão. O ex-campeão, que perde sua terceira luta seguida, ainda ficou deitado no octógono sem conseguir se mexer por um tempo

O resultado mantém Covington como top contender da categoria, que vai ter a disputa de cinturão entre o campeão Kamaru Usman e Gilbert Burns em breve.

Ao fim da luta, na entrevista ao lado do octógono, Covington pediu uma revanche contra Usman.

"Não tem pra onde correr, nem se esconder. Kamaru Usman, você é o próximo!", bradou.

Logo no começo da luta, Covington conseguiu uma queda e levou Woodley para o chão. O número 2 do ranking dos meio-médios controlou o combate no solo e também no clinch, cansando o adversário.

No segundo round, Covington tentou novamente manter a luta mais agarrada, mas quando ambos partiram para a trocação Woodley pareceu levar vantagem.

O terceiro assalto novamente a luta foi "truncada", com Covington abusando dos clinches.

No quarto round, Covington voltou a castigar Woodley e levou o rival para o chão, o ex-campeão da categoria acabou sofrendo um corte no olho que o fez sangrar consideravelmente.

Veja todos os resultados do UFC deste sábado:

Card principal:

Colby Covington venceu Tyron Woodley por nocaute técnico a 1m19s do R5

Donald Cerrone e Niko Price empataram por decisão majoritária (29-28 Cerrone, 28-28, 28-28)

Khamzat Chimaev venceu Gerald Meerschaert por nocaute aos 17s do R1

Johnny Walker venceu Ryan Spann por nocaute aos 2m43s do R1

Mackenzie Dern venceu Randa Markos por finalização aos 3m44s do R1

Kevin Holland venceu Darren Stewart por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

Card preliminar:

David Dvorak venceu Jordan Espinosa por decisão unânime (triplo 30-27)

Damon Jackson venceu Mirsad Bektic por finalização a 1m21s do R3

Mayra Sheetara venceu Mara Romero Borella por finalização aos 2m29s do R1

Jessica-Rose Clark venceu Sarah Alpar por nocaute técnico aos 4m21s do R3

Darrick Minner venceu TJ Laramie por finalização aos 52s do R1

Randy Costa venceu Journey Newson por nocaute aos 41s do R1

Andre Ewell venceu Irwin Rivera por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

Tyson Nam venceu Jerome Rivera por nocaute técnico aos 34s do R2