<
>

Werdum e Cyborg contam como 'guru' da liderança 'revitalizou' carreira de ambos

play
Mestre em liderança, Eric Faro comenta dicas para maximização de performance dos atletas (2:39)

Profissional trabalha com vários esportes, entre eles o UFC, e com o tempo rápido de resposta dos atletas (2:39)

Em meados de 2013, Cristiane Justino, a Cyborg, já era campeã do Strikeforce e iria iniciar sua trajetória vitoriosa no Invicta antes de desembarcar no UFC. À época, ela foi apresentada por um amigo a Eric Faro, brasileiro que é mestre em lideranca e especialista em alta performance, tendo trabalhado com diversos atletas ao longo de sua carreira.

Na época, a brasileira acabou não aderindo ainda ao trabalho do compatriota. Porém, após a derrota para a Amanda Nunes no UFC 232, a primeira em 13 anos da curitibana, ela resolveu ligar para Eric. E ali começou um trabalho que revitalizou a carreira da brasileira.

*Conteúdo patrocinado por Sportingbet

"O meu foco é mais voltado à liderança e alta performance, não tratar a mente do indivíduo como um grau de ansiedade, meu foco principal é capacitar o atleta para maximizar sua performance com ferramentas e princípios, dentro e fora da quadra, pra que eles estejam preparados pra tomar as decisões necessárias a todo segundo. É um processo, um trabalho de uma forma intencional, temos ferramentas específicas para que no processo de aumento de nível de consciência, ter confiança pra tomar a decisão certa na hora certa", explica Eric Faro, à ESPN.

Cyborg viva momentos delicados. Acabara de sofrer praticamente sua primeira derrota em alto nível na carreira e tinha apenas mais uma luta no contrato com o UFC, cujo descontentamento a brasileira nunca escondeu e seu futuro no MMA passava por um momento de transição.

A brasileira venceu Felicia Spencer na despedida no UFC e estreou no Bellator com vitória e o cinturão dos penas diante de Julia Budd, atingindo mais um feito lendário em sua carreira, onde ela conseguiu ser campeã do Ultimate, Bellator, Invicta e Strikeforce.

"Essa é a natureza do meu trabalho, os processos decisórios...existe uma dinâmica de nos tornarmos mais eficientes no processo decisório, seja numa final de campeonato ou na prática no dia a dia", analisa Faro.

play
2:51

Cachoeira e paz para focar: Cyborg e Werdum analisam trabalho de Eric Faro na preparação dos atletas

Mestre em liderança trabalha com os dois lutadores para a maximização do rendimento no octógono

"O Eric me deu direcionamento de não deixar as coisas de fora me prejudicarem. Ele me deu um pouco mais de paz. Você sabendo direcionar as coisas que você tem no dia a dia, ele me falava pra não me preocupar com contrato, etc. Deu muita paz pra eu poder estar focada em uma coisa. Com ele direcinnando e mostrando como anular as coisas de fora, é um sistema muito diferente", explicou Cyborg.

Werdum e a 'cachoeira'

Amigo de Cyborg, o ex-campeão dos peso pesados do UFC Fabrício Werdum recebeu a recomendação da compatriota sobre o trabalho de Faro.

Werdum vivia um momento delicado, havia perdido em sua volta ao octógono depois de dois anos afastado por doping e também estava em sua última luta no contrato.

Foi então que ele procurou Eric Faro.

"Falando com a Cris Cyborg, minha amigona, o Cobrinha, meu professor de jiu-jitsu, ele falou do trabalho do Eric Faro, falou ‘Faz que você vai gostar muito, você está vindo de uma derrota, a Cris está trabalhando com ele’. Na hora já liguei pra ele, me identifiquei muito com ele. A gente fez um trabalho excelente no meu camp, minha ultima luta no UFC. Eu me senti o Super-Homem, me senti muito bem. O Eric chega em alguns pontos na tua cabeça que você nem sabia que existia. Ele fez uma diferença grande, foi muito bom o trabalho com ele. Muitas técnicas que ele usou que você nem percebe na hora que ele está falando", explicou Werdum, à ESPN.

Um dos métodos utilizados por Eric no camp de Werdum foi o chamado "cachoeira", onde o lutador teria que tomar um banho de água gelada todos os dias.

"Eu gritava 'cachoeira! cachoeira!' no banho, minha esposa até achava estranho. Foi legal, foi divertido, eu senti o que ele falava do foco, da clareza. O benefício é que ativa sua circulação, se você toma um banho quentinho, a vontade de ir trabalhar é zero, eu sentia aquela ativação na minha cabeça, mas deppois você fica disposto o dia inteiro, eu senti muita diferença. Fazia todos os dias até a luta", disse Werdum.

O resultado foi uma finalização na luta contra o sueco Alexander Gustafsson no primeiro round com uma chave de braço espetacular, para se despedir do UFC. Werdum agora espera anunciar em breve onde vai lutar daqui pra frente.

Eric Faro tem diversos livros sobre o seu método de trabalho que ele faz com atletas e altos executivos de empresas.

O mais recente, lançado em formato de eBook pela Citadel Editora, foi batizado de DNA da Liderança de Alta Performance™️ (Daily Necessary Actions). O método agora pode ser aplicado por todos para ativar hábitos e ajudar a levar uma vida com objetivos específicos de como alcançar metas estabelecidas para encontrar uma felicidade sem fim.

"O trabalho com o Eric é pra sempre, enquanto eu estiver lutando vou trablhar com ele", finaliza Werdum.