<
>

UFC: Angela Hill discorda de derrota por decisão dividida e cogita mudar estilo de atuar

Pela 2ª vez seguida no lado derrotado de uma decisão dividida dos juízes, Angela Hill, como era de se esperar, não ficou nem um pouco satisfeita com o revés sofrido para Michelle Waterson, na luta principal do UFC Las Vegas 10, realizado no último sábado.

Inconformada, a americana – em conversa com a imprensa após o evento – discordou da pontuação dos jurados e cogitou mudar seu estilo de luta no futuro próximo, visando melhores resultados.

Especialista na luta em pé, Angela Hill indicou que, provavelmente, deve incluir em seu repertório mais momentos de grappling, tendo em vista que o domínio posicional no solo, muitas vezes, consegue assegurar a vitória de um atleta no round com mais clareza para os juízes do que as batalhas na trocação.

De acordo com a lutadora, esse será um ponto de ênfase em seus treinos assim que retornar à academia.

“Eu acho que essa luta foi mais equilibrada do que a última, mas eu senti que causei muito mais dano. É uma m*** que eu estou no lado perdedor novamente. Eu tenho que começar a derrubar as v*** e abraçá-las mais”, apontou Angela, antes de completar.

“Toda vez que eu tenho uma luta como essa, onde eu sinto que foi equilibrada, ou que eu sinto que fui roubada, cara, uma queda teria feito um mundo de diferença, só por causa do jeito que a pontuação do MMA é, e eu acho que essa é uma coisa importante que eu preciso sentar e trabalhar nisso. Até mesmo se eu não tiver uma (nova) luta agora, eu acho que é nisso que eu vou trabalhar duro, tentar derrubar as pessoas e usar o ground and pound”, concluiu.

A derrota por decisão dividida dos juízes para Michelle Waterson na luta principal do UFC Las Vegas 10 vem depois de Angela Hill já ter sofrido um revés semelhante em maio deste ano, quando foi superada por Cláudia Gadelha em polêmica pontuação dos jurados.

Com o resultado, a americana soma agora 12 triunfos e nove resultados negativos.