<
>

UFC: Michelle Waterson fica com galo incrível na testa, mas vence guerra de 25 minutos e R$ 270 mil

play
Chute de camaronês apaga rival, garante contrato no UFC e deixa Dana White assombrado no Contender Series (0:46)

Tafon 'Da Don' Nchukwi brilhou no programa do chefão do Ultimate e garantiu vaga para lutar contra os melhores (0:46)

Michelle Waterson vai voltar para casa bastante avariada e com um galo grande na testa, mas com uma vitória incrível e ainda US$ 50 mil dólares (cerca R$ 270 mil na cotação atual) a mais na conta. A carateca teve bastante dificuldade e ficou com o rosto bem machucado, mas conseguiu vencer uma verdadeira guerra de 25 minutos contra Angela Hill no UFC em Las Vegas.

Tamanho foi o equilíbrio após a batalha no octógono que os árbitros laterais não compartilharam das mesmas opiniões e, com papeletas diferentes, apontaram o triunfo da veterana por decisão dividida (47-48, 49-46 e 48-47).

A luta acabou sendo considerada a melhor da noite e fez as duas saírem com os US$ 50 mil a mais - os outros prêmios da noite ficaram com Kevin Croom, que finalizou Roosevelt Roberts no 1º round, e Ottman Azaitar, que nocauteou Khama Worthy no 1º round.

Com o resultado, Michelle, que é a atual número oito do ranking, voltou a vencer após acumular duas derrotas seguidas.

Por sua vez, Hill perdeu sua segunda disputa em sequência no evento, ambas por decisão dividida, e agora vê seu posto de número 13 no ranking ameaçada. Por sinal, a atleta pareceu discordar de forma contundente do resultado apontado nesta noite de sábado (12), em Las Vegas (EUA).

A luta

Logo no início a disputa entre as americanas se mostrou eletrizante. Em sua quarta apresentação na temporada de 2020, Hill tomou conta das ações na etapa inicial apostando na precisão de seus ataques. Golpes de encontro e na saída das combinações obrigaram a rival caminhar para trás por boa parte dos cinco minutos, o que lhe garantiu vantagem parcial. Waterson 9 x 10 Hill.

O assalto seguinte, muito equilibrado, mostrou uma Michelle Waterson mais agressiva. Com combinações mais longas de golpes, contando às vezes com cinco ataques, a número oito do ranking acertou importantes chutes nas pernas e alguns cruzados que equilibraram a disputa. No entanto, a potência dos cruzados e diretos da rival roubaram a cena por vantagem mínima. Waterson 18 x 20 Hill.

A terceira etapa não criou dificuldades para os árbitros na hora de apontar quem foi melhor nos cinco minutos. Depois de uma troca de golpes em pé equiparada, Waterson derrubou e, por cima, abriu larga vantagem. Alternando ataques no rosto com avanços em posições na luta de solo, a veterana chegou a montar e a pegar as costas da rival. Waterson 28 x 29 Hill.

Experiente, Waterson soube aproveitar a vantagem psicológica da vantagem conquistada no assalto anterior para fintar quedas com ataques na curta distância., minando a resistência da adversária e abrindo caminho para novo triunfo parcial: Waterson 38 x 38 Hill.

O último assalto, como esperado, contou com duas atletas cansadas e ciente da necessidade da supremacia dos cinco minutos finais. E com este cenário em jogo, o volume de ataques favoreceu Waterson, que levou para casa uma importante e suada vitória. Waterson 48 x 39 Hill.

Veja os resultados do UFC deste sábado:

CARD PRINCIPAL

Michelle Waterson venceu Angela Hill por decisão dividida
Ottman Azaitar nocauteou Khama Worthy no 1º round
Roxanne Modafferi venceu Andrea Lee por decisão unânime
Ed Herman finalizou Mike Rodríguez no 3º round
Bobby Green venceu Alan ‘Nuguette’ por decisão unânime
Billy Quarantillo nocauteou Kyle Nelson no 3º round

CARD PRELIMINAR

Sijara Eubanks venceu Julia Avila por decisão unânime
Kevin Croom finalizou Roosevelt Roberts no 1º round
Alexander Romanov finalizou Roque Martinez no 2º round
Jalin Turner finalizou Brok Weaver no 2º round
Bryan Barberena venceu Anthony Ivy por decisão unânime
Sabina Mazo finalizou Justine Kish no 3º round.