<
>

Dana White provoca De La Hoya após anúncio de retorno ao boxe: 'Cocaína é cara'

play
No UFC, Pedro Munhoz crê que 'vitória significante' sobre Frankie Edgar daria 'sinal verde' para disputa de cinturão (1:23)

Lutador brasileiro, entretanto, afirmou que prefere não focar em lutas futuras: 'Fora do meu controle' (1:23)

Rivais de longa data, Dana White e Oscar de La Hoya adicionaram outro capítulo a suas histórias de discussões e polêmicas. Na coletiva de imprensa realizada logo após o término do card do último sábado (22), em Las Vegas (EUA), o cartola não perdeu a chance de provocar o boxeador.

Questionado sobre o retorno do veterano aos ringues de boxe, Dana White rapidamente ironizou e deu a entender que a motivação de De La Hoya seria financeira. Para isso, no entanto, o presidente do UFC foi além e relembrou o passado de abuso de drogas do rival.

“Cocaína não é barata. É cara. Tem que ter dinheiro (para usar)”, alfinetou, relembrando das próprias declarações do ex-campeão mundial que revelou ao público ter utilizado a droga por anos durante os piores momentos de sua vida pessoal.

Sobre o retorno aos ringues de De La Hoya, o anúncio do veterano de 47 anos foi feito em meio às notícias do duelo de exibição entre Mike Tyson e Roy Jones Jr., programado para o final deste ano. Até o momento, não existe uma data ou rival para que o americano suba no ringue novamente.

Medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Barcelona 1992, o pugilista encerrou sua carreira nos ringues com títulos mundiais em seis divisões de peso diferentes e com um cartel de 39 vitórias e apenas seis derrotas.