<
>

UFC: Miocic se coloca como maior peso pesado da história e diz que 'pediu desculpas 45 vezes' para Cormier por dedada no olho

Stipe Miocic já pode dizer que é o maior peso pesado da história do UFC. Em uma luta épica, ele fechou a trilogia contra Daniel Cormier com mais uma vitória, aposentou o rival e manteve o cinturão da categoria.

A terceira luta seguida contra seu maior rival deu o veredito: 2 a 1 e mais uma defesa de cinturão feita com sucesso. E tudo isso com uma decisão unânime dos árbitros.

Após a vitória, Miocic foi questionado sobre ser o maior lutador da história dos pesos pesados, algo que Dana White, presidente do UFC, já havia defendido. Sua resposta? "Sim".

"Sim, vamos ver se ninguém vai mudar de opinião ate segunda-feira. Estou feliz por cementar meu legado, estou feliz que posso fazer isso para mostrar para minha filha e outras crianças que trabalho duro dá resultado. Se você coloca sua cabeça em algo, você faz boas coisas.

Stipe tem bem claro que sua motivação para o futuro é, além do simples fato de seguir vencendo, sua família.

Comentando sobre a luta, o campeão falou sobre a polêmica cutucada que ele deu no olho de Cormier, que após a luta disse não conseguir enxergar nada.

"Eu me sinto mal por isso ter acontecido, não foi de propósito, pedi desculpas pra ele umas 45 vezes durante a luta. Mas ele fez em mim também várias vezes, não foram de proposito, a minha também não. Quando vi o replay, eu falei: 'Eu definitivamente cutuquei o olho dele, foi mal'".

Veja todos os resultados do UFC 252

CARD PRINCIPAL

Stipe Miocic (EUA) venceu Daniel Cormier (EUA) na decisão unânime dos jurados (49-46, 49-46 e 48-47)
Marlon Vera (EQU) nocauteou Sean O’Malley (EUA) aos 4:40 do 1º round - galos
Jairzinho Rozenstruik (SUR) nocauteou Junior Cigano (BRA) aos 3:47 do 2º round - pesados
Daniel Pineda (EUA) nocauteou Herbert Burns (BRA) aos 4:37 do 2º round - penas
Merab Dvalishvili (GEO) venceu John Dodson (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-27) - galos

CARD PRELIMINAR

Vinc Pichel (EUA) venceu Jim Miller (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-27) – leves
Virna Jandiroba (BRA) finalizou Felice Herrig (EUA) a 1:46 do 1º round – palhas feminino

Danny Chavez (EUA) venceu TJ Brown (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) - penas
Livinha Souza (BRA) venceu Ashley Yoder (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 30-27) – palhas feminino
Chris Daukaus (EUA) nocauteou Parker Porter (EUA) aos 4:18 do 1º round – pesados

Kai Kamaka III (EUA) venceu Tony Kelley (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) - penas