<
>

UFC: Aposentado, Ben Askren revela que treinaria mais jiu-jitsu se ainda fosse lutador profissional

Considerado durante anos como um dos maiores talentos do esporte fora do plantel do UFC, Ben Askren viu sua aguardada passagem pelo Ultimate ser frustrada por duas derrotas consecutivas, após estrear com vitória promissora sobre Robbie Lawler, e pela aposentadoria forçada por uma séria lesão no quadril. Apesar disso, o agora ex-lutador não demonstra arrependimento pela trajetória percorrida na carreira, majoritariamente feita no Bellator e no ONE Championship, ou ainda de uma possível demora na migração para a principal entidade de MMA do mundo.

Ainda que satisfeito com as escolhas feitas em pouco mais de dez anos de carreira no MMA profissional, o ex-campeão meio-médio (77 kg) do Bellator e do ONE Championship admite que, se pudesse voltar no tempo, mudaria apenas um detalhe em sua trajetória. Em publicação feita na sua conta oficial no ‘Twitter’, Askren revelou que gostaria de ter dado mais atenção e, consequentemente, se aperfeiçoado mais no jiu-jitsu, como forma de complementar sua principal arma nas lutas, o wrestling.

“No que se refere à trajetória profissional que eu tomei, se eu pudesse prever o futuro, eu não acho (que faria algo diferente). (…) Desse ponto de vista, eu não mudaria nada. A única coisa que eu acho que teria mudado se eu pudesse voltar (no tempo), eu nunca pensei que eu fosse lutar até 2019. Eu achei que me aposentaria bem antes. Eu nunca tive realmente um grande treinador de jiu-jitsu até a parte final da minha carreira, quando eu encontrei Marc Laimon. Eu realmente gostei dele”, revelou Ben Askren, antes de completar.

“Mas antes disso, era meio que uma mistura de diferentes treinadores de jiu-jitsu (na Roufusport) e eu acho que meu potencial de finalizar as pessoas ficou inexplorado. (…) Se eu tivesse colocado mais tempo no jiu-jitsu, eu acho que poderia ter ficado melhor em finalizar as pessoas. É assim que as coisas acontecem às vezes. É isso que eu teria feito um pouco diferente se eu pudesse voltar e fazer novamente”, concluiu.

Após mais de dez anos de carreira no MMA profissional, Ben Askren anunciou sua aposentadoria do esporte em novembro de 2019. No total, o ex-campeão meio-médio do Bellator e do ONE Championship acumulou 19 vitórias, sendo seis por finalização, e apenas duas derrotas – ambas nas suas duas últimas apresentações pelo UFC – em seu cartel.