<
>

UFC: Weidman passa susto, mas faz lição de casa, finalmente vence e manda recado: 'Eu voltei!'

Chris Weidman voltou! Não foi bonito, mas o eterno algo de Anderson Silva conseguiu vencer o russo Omari Akhmedov neste sábado na decisão unânime dos jurados (29-27, 29-27 e 29-28).

"Eu voltei, cara! Eu voltei! Vocês do top-15, estou chegando para pegar vocês!", disse Weidman.

* Conteúdo patrocinado por Sportingbet

Weidman vinha de uma sequência para lá de preocupante, com cinco derrotas nas últimas seis lutas. Ele tentou até dar uma reviravolta na carreira subindo para os meio-pesados, mas foi "expulso" de lá com um nocaute brutal.

Neste sábado, ele chegou a dar novos sustos. Conseguiu vencer o primeiro round, mas parecia acabado no segundo assalto. Muito cansado, era dominado completamente em pé e parecia perto de ser nocauteado. No fim, porém, fez o que precisava para vencer: conseguiu uma queda rápida e amassou por cima por cinco minutos para conseguir o triunfo.

"Não estou feliz com minha performance, mas eu precisava vencer!", disse.

Weidman agora fica com um cartel de 15 triunfos e cinco derrotas. Ele foi campeão dos médios do UFC entre 2013 e 2015 e ficou conhecido por ser um caçador de brasileiros. Primeiro, claro, pelas duas vitórias marcantes contra Anderson Silva. Mas depois por também acabar com os sonhos de Vitor Belfort e Lyoto Machida de serem campeões.