<
>

UFC: Canadense fica sem shorts para fugir de estrangulamento e finaliza rival pouco depois

play
Um mês antes de encarar Borrachinha no UFC, Adesanya ousa e pinta o cabelo de rosa (0:09)

Dono do cinturão defende título dos médios contra o brasileiro no UFC 253 | via @stylebender (0:09)

Uma imagem insólita marcou o card preliminar do UFC deste sábado em Las Vegas. O canadense Gavin Tucker mostrou o que significa fazer de tudo para vencer e ficou até sem shorts para conseguir superar o norte-americano Justin Jaynes.

O momento curioso aconteceu no minuto final do primeiro round. No chão, Jaynes encaixou uma guilhotina que parecia perfeita. Tucker, porém, não quis saber de se dar por vencido. Rolou, ficou por baixo e esperneou como pode. Aos poucos, ele liberou as pernas. Mas o gancho do adversário estava tão forte que os shorts dele também se foram com os movimentos.

Tucker ficou apenas de cuecas, mas conseguiu se desvencilhar da finalização.

Depois, já no terceiro round, ele mostrou como se faz. Primeiro, acertou uma joelhada avassaladora em pé. Depois, encaixou um mata-leão no chão para acabar com o combate com uma finalização – e justamente com um estrangulamento que o rival não conseguiu, mas com um mate-leão.