<
>

UFC: Brasileiro é destruído, brutalmente nocauteado e cai desacordado no card preliminar

play
Um mês antes de encarar Borrachinha no UFC, Adesanya ousa e pinta o cabelo de rosa (0:09)

Dono do cinturão defende título dos médios contra o brasileiro no UFC 253 | via @stylebender (0:09)

Único brasileiro a entrar em ação neste sábado, Wellington Turman acabou brutalmente nocauteado no UFC em Las Vegas. O Prodígio não resistiu as mãos pesadíssimas de Andrew Sanchez e caiu desacordado ainda no primeiro round do duelo.

O curioso é que Sanchez é um wrestler. Mas mostrou toda a sua evolução em pé. Ele encaixou uma ótima sequência no minuto final. O brasileiro sentiu um soco de direita e deu uns passos para trás. Sanchez aproveitou o momento e encaixou dois golpes perfeitos: um jab de esquerda com alta potência e um cruzado de direita. Turman caiu apagado, um nocaute clássico!

“Eu tenho trabalhado em todo tipo de coisas desde que mudei de academia. Eu voltei para as minhas raízes. Eu era só um wrestler antes, mas estou trabalhando na minha trocação. É tão bom conseguir um nocaute depois de ser chamado de um wrestler chato”, disse Sanchez.

Turman tem apenas 24 anos de idade e é uma das promessas do Brasil.

Agora, porém, ele fica com cartel de 16 vitórias e quatro derrotas (1-2 no UFC).